Bom Jardim Notícias.com

As incriveis invenções dos presidiários

1. Acendedor de cigarros:

Usando uma pilha, fita adesiva e um pedaço de fio é possível fazer um acendedor de cigarros elétrico. A emenda entre os dois fios produz faíscas quando as outras extremidades ficam conectadas à pilha.

2. Pistola de tatuar:

As tatuagens de cadeia são famosas. Geralmente usando lâminas e tinta de caneta Bic os prisioneiros improvisam para marcar na pele alguma mensagem. Esta pistola é um pouco mais elaborada e permite desenhos mais complexos e bem feitos. Um motor elétrico conectado a algumas pilhas aciona uma espécie de caneta pontiaguda – a tinta ainda é a da Bic.

3. Soco inglês:
Com uma régua cheia de arestas é possível aumentar muito o dano de um soco. As saliências podem ser conseguidas com um prego, ou algo assim. Dá para usar ainda a face áspera de um ralador de queijo.
4. Arma falsa:
Com caixas de molho ou leite e tinta os presos mais habilidosos criaram esta arma falsa com aspecto bastante real. Com uma dessas em mãos é possível conseguir reféns para escapar da cadeia.
5. Cachimbo:

Entre outros, este é um modelo de cachimbo usado nas cadeias. Feito com tubo como os da pasta de dente permite o uso de tabaco ou outras drogas de maneira bem simplificada.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta