Bom Jardim Notícias.com

Valda Sedícias

Valda Sedícias

Nascida em Recife no Bairro de Casa Amarela, ela morou em Itabuna na Bahia ainda criança, no final da década de 70, o pai, que era bomjardinense, resolveu retornar à terra natal, a cidade de Bom Jardim –PE. Estamos falando de Valda Sedícias, uma legitima pernambucana encantada por nossa cultura e por nossa gente.

Em 1991 Valda Sedícias iniciou sua carreira artística, o primeiro trabalho gravado veio em 1992 com a gravação do primeiro. Valda Sedícias enxergou no rádio uma janela para o mundo, ela diz que o rádio é fonte de acesso a várias informações e estilos musicais.
Valada Sedícias relata que: “ o rádio era para nós da década de 80, assim como é a internet para os dias atuais. Gostava muito de ouvir as grandes vozes brasileiras, além da nossa música regional, nordestina, tocada a contento nos aparelhos de ondas curtas. Luis Gonzaga era peça fundamental! lá em casa os seus discos eram esperados e comprados assim que saíam do “forno” com grande ansiedade. Sem contar que cresci ouvindo meu pai, José de Vasconcelos Sedícias, tocando seu acordeom, amava cantar sendo acompanhada por ele, que saudade…”
Valda Sedícias lançou dois LPS e cinco CDS, além de trabalhos gravados ao vivo em shows realizados.
Confira a baixo a entrevista que Valda Sedícias deu com exclusividade a nosso blog.
Blog Integração: A cultura Nordestina depois da parabólica, TV a cabo e internet vem cada vez mais sendo influenciada por outras culturas, não apenas de outras regiões do país mais de outros países como você vê essa influência?
Valada Sedícias: Vejo de forma positiva, respeitados, é claro, certos limites, não do saudosismo, mas daquilo que realmente tem valor e o que tem valor está inserido no gosto popular e não deixará de existir nunca, não importa qual tipo de influência venha a ocorrer.
Blog Integração: A música popular brasileira é mais forte hoje do que quando você começou?
Valda Sedícias: A década de 70 ficou marcada pela grande invasão de música estrangeira, particularmente a americana enquanto que a nossa música ficava na gaveta das grandes gravadores. Hoje a coisa é mais aberta e vejo com alegria o espaço para as coisas produzidas aqui no país.
Blog Integração: Pernambuco hoje está mais visível nacionalmente e com isso a nossa cultura está indo mais longe, um bom exemplo disso é mestre Salustiano está em rede nacional mostrando um pouco da nossa raiz cultural. Você acredita que demorou muito pra essa valorização vir a acontecer?
Valda Sedícias: Tenho em mim a certeza que as coisas só acontecem na hora certa. O momento é esse e essa valorização é bem merecida e me parece sincera e não movida por interesses financeiros, portanto, extremamente válida.
Blog Integração: Surubim é conhecida nacionalmente como a “Capital da Vaquejada”, porém na cidade não encontrasse aboiadores, repentistas e violeiros em grande quantidade para alavancar a música totalmente propicia a corrida de mourão, na sua opinião por que se dá este fato?
Valda Sedícias: Associo essa falta de artistas do gênero a uma questão cultural. Observo que falta incentivo direto àqueles profissionais até para que possam dessa forma incentivar o aprendizado e despertar o interesse na juventude sobre a grande importância de continuar levando a cultura local e mostrar que essa cultura, ou a soma de atrativos culturais, é que faz uma sociedade ser reconhecida tendo sua memória cultuada e preservada.
Blog Integração: Seu seguimento é forró, porém você canta em trios elétricos e faz shows em carnaval. Seu disco é eclético como você?
Valda Sedícias: (Risos) Plagiando o grande Milton Nascimento, “o artista tem que ir aonde o povo está”, esse “ir aonde” implica em cantar aquilo que meu público quer ouvir. E faço isso. Canto o que agrada aos meus seguidores e a eles, devo reverência e respeito.
Blog Integração: Sabemos que você tem uma bela parceria com Paulo dos Teclados, nossa pergunta é: Você também compõe as músicas, interfere na criação ou sua principal função é dá vida a elas?
Vanda Sedícias: A parceria com Paulo do Teclado. Essa parceria é que me faz viver, sonhar e compor! As composições são nossas, pois trabalhamos em equipe. Pensamos e agimos juntos. Temos uma afinidade musical incrível e profunda. Tem músicas que faço a letra e Paulo a melodia. Outras ocorre o inverso e Paulo é fera também como letrista! Não seguimos uma regra. Apenas fazemos, coisa de Deus!!!
Blog Integração: Qual foi o seu maior sucesso até hoje?
Valda Sedícias: A música a Sede te amar
Blog Integração: Que dificuldades ainda enfrenta na carreira?
Valda Sedícias: As mesmas de sempre, a falta de recursos para expandir meu trabalho.
Bolg Integração: O publico muitas vezes leva ao topo do sucesso (momentâneo diga-se de passagem) um artista que decola e de repente vai parar na TV, nas rádios e isso hoje com a tecnologia se deve as redes sociais. Você acredita ser mais fácil hoje do que antes fazer sucesso nacional ou está mais difícil?
Valda Sedícias: Creio hoje em dia é muito mais difícil porque tem muita gente boa e pouco espaço e depende muito da sorte.
Blog Integração FM: Projetos para 2012 – o que vem por ai?
Valda Sedícias: Pretendo gravar um Cd com o autêntico forró de pé de Serra em homenagem à meus pais que já se encontram na pátria espritual, e Continuar na estrada mostrando minhas músicas e fazendo a alegria desse povo ,que nasceu para ser feliz, sorrir e sonhar!
Um pouco mais sobre Valda – Ping-Pong para os internautas
Nome: Marivalda dos Santos Sedícias
Tempo de Carreira: 20 anos
Cor preferida: preto
Um lugar inesquecível que gostaria de fazer um show: Salvador-BA
Qual a coisa mais importante que já te aconteceu até agora: O nascimento de minhas filhas, Mayara e Isadora.
Prato preferido? Uma bela Caranguejada, hum!!!!….
Lugar Preferido? Ilha de Itaparica Salvador -BA
Como agradar a Valda Sedícias? Basta ser simples e verdadeiro e se quiser me presentear, me dê rosas, amooooooooo!!!
Sonho? Não tenho grandes sonhos, me considero uma pessoa realizada, quero ter sempre o trabalho pra me sentir digna.
Frase? “Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer Um pode Começar agora e fazer um Novo Fim”. (Chico Xavier)
Um livro: O evangelho segundo o espiritismo
Um filme: Não somos anjos.
Um conselho pra quem quer iniciar a carreira artística: Lute por seus ideais até o fim, não importando a indiferença de alguns, a batalha é árdua mas, muito prazerosa.
Fonte: Integração FM – Surubim

Artigos Relacionados

1 Comentário

  1. Sérgio
    22 de agosto de 2011 às 10:15 Responder & darr;

    Valda é sinônimo de alegria. Sua bela voz encanta a todos que a escuta. Que saudades dos antigos carnavais quando Sebastião Rufino era prefeito e a contratava para animar as noites carnavalescas na Quadra centenária.
    Sucessos a vc Valda e toda sua banda!

Deixe uma resposta