Bom Jardim Notícias.com

Novo anticoagulante reduz os riscos de AVC – Acidente Vascular Cerebral) em até 21%

Novo anticoagulante reduz os riscos de AVC – Acidente Vascular Cerebral) em até 21%

Um velho assunto, que consta como um grande problema de saúde pública, com altos índices de mortalidade em âmbito nacional e internacional, veio a tona na mídia nos últimos dias.

Um renomeado profissional do esporte (Ricardo Gomes, 46 anos) foi acometido por um Acidente Vascular Cerebral (AVC) durante uma partida de futebol.

Saiba mais sobre uma nova droga que está em desenvolvimento, que reduz os riscos de AVC:

Um anticoagulante experimental desenvolvido nos Estados Unidos poderá reduzir a frequência de acidentes vasculares cerebrais (AVC), afirmaram as farmacêuticas Bristol-Myers Squibb (BMS) e Pfizer. A droga, apixaban – que será lançada com o nome comercial Eliquis -, teve resultados superiores aos da varfarina, há décadas o tratamento de referência.

Segundo um estudo de fase 3 – a última antes de ser pedida a permissão de vender um medicamento – feito com 18.201 pacientes que sofrem de fibrilação arterial – forma mais comum de arritmia cardíaca e uma das causas de AVC -, o risco de sofrer um derrame foi 21% menor em comparação com pessoas tratadas com varfarina. O risco de uma hemorragia massiva foi 31% menor e o de morrer, 11%.

Esses resultados foram apresentados ontem no Congresso da Sociedade Européia de Cardiologia, em Paris, e publicados no New England Journal of Medicine. A pesquisa foi feita em 1.034 hospitais de 39 países. De acordo com os autores do estudo, 5 milhões de americanos e 6 milhões de europeus sofrem de fibrilação arterial.

Fonte: http://migre.me/5Ax3b

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta