Bom Jardim Notícias.com

Engavetamento em São Paulo atinge 300 veículos

Engavetamento em São Paulo atinge 300 veículos

O acidente ocorrido na tarde desta quinta-feira, 15, na Rodovia dos Imigrantes envolveu cerca de 300 veículos, estimou o comandante da Polícia Rodoviária em entrevista à rádio Estadão ESPN. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual, o acidente aconteceu por volta das 12h45, na altura do km 41, na Represa do Alvarenga, em São Bernardo do Campo, no sentido São Paulo. Houve uma vítima fatal e 29 pessoas ficaram feridas. O engavetamento atingiu aproximadamente a extensão de 2 km.

Até às 20h45, o Corpo de Bombeiros informou que ainda não tinha sido possível retirar a vítima fatal presa nas ferragens do engavetamento. Dezoito equipes dos bombeiros – com um total de 60 homens – trabalham para
retirar a vítima, motorista de uma carreta.

A Imigrantes ficou totalmente interditada até as 14h30, quando uma faixa foi liberada no sentido capital. Segundo a Ecovias, concessionária que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes, a liberação aconteceu para que os
veículos represados entre o local do acidente e o km 48 pudessem seguir viagem.

Por volta das 15h20, havia 17 viaturas no local e 43 bombeiros trabalhando no resgate. As vítimas estão sendo socorridas aos prontos socorros de Diadema, Mauá, Santo André, Cubatão e Santos.

O helicóptero Águia também foi acionado, mas segundo informações da Polícia Militar ele não pousou para resgate, e está apenas registrando imagens do local do acidente para ajudar no trabalho dos bombeiros.

Os bombeiros também precisaram combater um incêndio em um caminhão. Segundo a concessionária Ecovias, o veículo transporta produtos perigosos mas não estava carregado. O fogo foi causado por resquícios dos
produtos. A Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb) enviou uma equipe ao local 13h30 para verificar o problema. Até por volta das 15h30 a assessoria de imprensa do órgão ainda não tinha mais informações.

Ainda não há informações sobre a causa do engavetamento, mas a forte neblina no local que deixou a visibilidade inferior a 30 metros pode ter contribuído. A Via Anchieta é opção para trajeto sentido São Paulo, mas lá a
visibilidade também é baixa e está em vigor a operação comboio.

A pista sul da rodovia foi liberada para subida da serra, no sentido São Paulo, por volta das 17h. A pista normalmente é usada para descida, mas por causa do acidente na pista norte a concessionária Ecovias decidiu
inverter seu sentido. A descida está sendo feita apenas pela Via Anchieta, que apresenta tráfego intenso e neblina em toda sua extensão.

De acordo com informações da rádio Estadão ESPN, os gestores da rodovia acreditam que este acidente seja o maior da história da Imigrantes. Ainda para a rádio, o coronel da polícia informou que a retirada dos veículos da
pista deve seguir noite adentro.

Os motoristas que fazem o trajeto entre São Paulo e Santos pela Via Anchieta na noite desta quinta-feira, 15, podem levar até 3 horas, segundo estimativa da concessionária Ecovias. A Anchieta é a única alternativa
para descer ao litoral pelo sistema Anchieta-Imigrantes, pois a Imigrantes só deverá ser liberada nesta sexta-feira.

Desespero. Uma mulher que estava num dos carros esmagados no engavetamento relatou que foi obrigada a abandonar o veículo. ‘Saí pela grama desesperada só escutando as porradas. Atravessei correndo e todo mundo gritando que ia explodir’. A mulher reportou que viu pessoas correndo, umas até nuas, temendo a explosão de um dos caminhões. ‘Parecia boliche’, comparou.

No fim do relato, mulher citou vítimas – ela ressaltou mulheres com crianças – e aproveitou para fazer apelo por segurança na rodovia, perigosa na sua opinião.

Texto atualizado às 20h45 para acréscimo de informações

Fonte: MSN

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta