Bom Jardim Notícias.com

Tolerância Zero á Critica Verdade: Programa Raul Gil, a caminho do fim.

Tolerância Zero á Critica Verdade: Programa Raul Gil, a caminho do fim.

Quem já assistiu ao programa Raul Gil em seus anos de glória sabe perfeitamente que o programa tinha banca para brigar pela liderança incomodando qualquer emissora que dominasse o horário em que fosse exibido.

atualmente a situação não é ou ao menos aparenta não ser mais essa, uma vez que o programa investe em uma formula antiga que perdeu seus principais atrativos.

O banquinho cada vez mais raro, o extinto pra quem você tira o chapéu, eram quadros que caracterizavam o programa e que aos pouco deram espaços para novos e tediosos quadros, como crianças curiosas que é visivelmente manipulado pela produção que prepara previamente as perguntas para as crianças somente as executarem, menosprezando até mesmo a inteligência e curiosidade dos pequenos.

A falta de naturalidade e espontaneidade das crianças no quadro é espantosa e faz sentir medo á quem assiste.

O jovens talentos era uma aposta sabia de elevar os índices do programa mas caiu na rotina e na monotonia principalmente após ter sido criado o quadro jovens talentos kids, que popularmente falando é muito chato.

Longe desta coluna a pretensão de criticar o talento dos jovens que participam do programa, o fato que apontamos é a falta de credibilidade do quadro que usa crianças como parte da bancada julgadora, e liberam uma pérola após a outra já que ainda não entendem do assunto.

A pessoa de Raul Gil é uma pessoa querida e bem vista pelos brasileiros, mas o formato de seu programa precisa ser revisto por sua produção, prova disso são as constantes derrotas para o principal concorrente o “melhor do Brasil” da rede record.

A mais bela empregada domestica enterrou de vez o programa, um quadro difícil de se ver e que os quesitos usados para o julgamento nem sempre são completamente entendiveis, já que nem sempre a mais bela na opinião de um é a mais bela na opinião do outro, fazendo com que nem sempre a mais bela vença.

Esperamos que o programa de Raul Gil consiga sair da UTI da televisão e voltar a brigar pela liderança como nos tempos áureos.

Artigos Relacionados

1 Comentário

  1. HENRIQUE CESAR ILLANES
    8 de Janeiro de 2012 às 18:23 Responder & darr;

    Esse na minha opinião é o pior programa de calouros da tv, e melhor ainda, o pior corpo de jurados onde prevalece as críticas tendenciosas e preconceituosas. Um bom jurado tem que ser imparcial, e tem que ter isenção de ânimo, tem que julgar um calouro pela sua técnica vocal, postura, etc… e não julgar pelo seu gosto pessoal (do jurado), eles vivem boicotando o gênero sertanejo… o fato de eles não gostarem do gênero não quer dizer que não seja bom e não dá direito à críticas, pois nenhum gênero deixa de ser bom só porque eles não gostam… isso é preconceito musical. Outro fato que dá nojo são as críticas aos já artistas, seja de que gênero for, pois que já estão consagrados pela mídia , e só porque eles não gostam… eles não estão ali para serem julgados e o pior, que já passaram e muito por esta fase e se não fossem bons não chegariam onde chegaram… mais uma vez são críticas movidas pelo preconceito deles, ou seja, se eles não gostam não é bom….dá licença!!!! Programa de jurado sério não tem isso, os artistas deveriam mover um processo contra a direção desse programa. É muita falta de respeito e de ética com trabalho alheio e muita humilhação contra os calouros movidos por puro preconceito musical.

  2. maria das graças silva
    28 de julho de 2012 às 16:24 Responder & darr;

    A minha critica e sobre misturar o programa com religião.Acho isto abusivo.Raul incentiva as crianças a cantar musica gospel,ate a Milena ja chamou atenção de uma menina por ela não saber cantar musica evangélica.Crie um programa evangelico separado,e vai ver onde a audiencia vai parar.

Deixe uma resposta