Bom Jardim Notícias.com

Bom Jardim, terra de gente famosa, lidera ranking de blogueiros

Bom Jardim, terra de gente famosa, lidera ranking de blogueiros

  
Localizada a 110 km do Recife, já na chapada da Borborema, a cidade de Bom Jardim é berço de gente muito famosa. Dentre os filhos ilustres se destacam o historiador Mário Souto Maior e o ex-deputado Francisco Julião, criador das Ligas Camponesas. Também é berço de Henrique Pereira Lucena, o Barão de Lucena, Marly Mota, viúva do escritor e poeta Mauro Mota, e o Coronel Chico Heráclio, além do grande compositor e carnavalesco Levino Ferreira.

Por isso, não foi surpresa para este blogueiro ser informado, ontem, durante palestra feita no auditório da Prefeitura Municipal, que a cidade é recordista em número de blogueiros: mais de 25. E partiu deles a ideia de promover o I Encontro de Blogueiros em Carpina, quando se discutiu, dentre outras ideias, a criação de uma Associação de Blogueiros. O movimento é uma prova irrefutável de que a ferramente do blog como meio de informação se consolidou muito rápido, cinco anos após este blogueiro abrir o primeiro blog pernambucano.

Bom Jardim também se destaca como roteiro turístico. Além de contribuir para expandir a economia municipal, as rochas de granito marrom, esculpidas pela natureza nas mais diversas formas e tamanhos, transformaram-se numa das principais atrações do municipio. Destaque para a Pedra do Navio, uma formação rochosa de 10 metros de altura e 300 toneladas que recebeu esse nome por se assemelhar a uma antiga embarcação.

Localizada na entrada do município, a pedra possui uma escada para que os visitantes mais aventureiros possam apreciar a vista da região de cima do principal cartão-postal da cidade. Outras formações rochosas de Bom Jardim também consideradas importantes pontos turísticos são a Pedra de Nossa Senhora de Lourdes, distante 12 km da sede municipal, e a Pedra do Caboclo, onde se localiza um sítio arqueológico no qual foram encontrados, na década de 70, objetos e utensílios de civilizações indígenas.

A Pedra foi utilizada anteriormente como cemitério por povos pré-históricos e na década de 70 foram encontrados, através de escavações, objetos de adorno, urnas mortuárias e utensílios domésticos, que hoje podem ser vistos no Museu do Homem do Nordeste, em Recife.

O município ainda possui cataratas, trilhas ecológicas, engenhos, igrejas e casarões do século 18. A Cachoeira da Paquevira, formada por pequenas quedas dágua e piscinas naturais é outro destaque.
HISTÓRIA – No começo do século XVIII, o local em que fica hoje a cidade de Bom Jardim era uma fazenda, denominada Santana, por conta da existência de uma pequena capela dedicada à santa. Em torno dessa capela, surgiu a povoação e um curato (residência de cura).

Pôr conta da fertilidade do solo da região, a fazenda era tida como um ‘bom jardim’ e o local passou a ser chamado de ‘Curato de Bom Jardim’. A vila provincial foi criada a 19 de maio de 1870 e elevada à categoria de cidade a 04 de fevereiro de 1879. Bom Jardim foi desmembrado do município de Limoeiro.

Fotos: Adriano Roberto / Fonte:  Magno Martins,

Artigos Relacionados

1 Comentário

  1. Rogério Andrade
    5 de outubro de 2011 às 22:31 Responder & darr;

    Caro Magno. Nesse mundo agitado de hoje, vez por outra, a gente perde o contato com os amigos mas ainda bem que existe Internet e aí a gente volta a se conectar, e por aí vai. A última vez que estivemos juntos foi quando a sua vitoriosa prima Yane Marques conseguiu a premiação nas Olimpíadas e na ocasião tive a felicidade de homenageá-la na Assembl.Legislativa -ALEPE, através da música “Yane – a garota de ouro”.
    Na qualidade de bonjardinense, parabenizo e agradeço a você por estar levando até a minha querida Bom Jardim essa tecnologia tão importante no mundo atual – o blog – e também registrar a minha satisfação em saber que somos líderes no ranking de blogueiros da região. Forte abraço, ROGÉRIO ANDRADE, compositor -Recife-PE.

Deixe uma resposta