Bom Jardim Notícias.com

Toddynho é recolhido dos supermercados gaúchos

Toddynho é recolhido dos supermercados gaúchos
O tradicional achocolato Toddynho, fabricado pela Pepsico, foi retirado das prateleiras dos supermercados em algumas cidades do Rio Grande do Sul por conta de um suposto problema na bebida que estaria causando queimadura nos usuários. Pelo menos quatro consumidores da Região Metropolitana – moradores de Canoas, São Leopoldo e Porto Alegre – se queixaram de ardência na boca e na garganta.

Conforme o Centro Estadual de Vigilância em Saúde (CEVS), os lotes com problema são os de número 43206:08 e 43206:09, data de validade 19/02/2012. Amostras estão sendo analisadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen).

Os primeiros resultados da análise já indicam um PH de 13,3, alcalino, considerado um índice muito alto para um alimento. Com isso, o CEVS emitiu um alerta às autoridades sanitárias regionais e municipais de todo o Estado solicitando a interdição cautelar de todos os lotes do produto.

A Anvisa também foi comunicada e um alerta epidemiológico encaminhado para todas as Coordenadorias Regionais de Saúde e ao Centro de Informações Toxicológicas. Em caso de suspeita de outras ocorrências, o disque-vigilância 150 está disponível para a população.

Após contato do Jornal do Comércio, a Pepsico encaminhou uma nota sobre o assunto. O texto diz o seguinte: “A Pepsico esclarece que tomou conhecimento de alteração na qualidade de cerca de 80 unidades de 200ml de Toddynho Original, comercializadas na Região Metropolitana de Porto Alegre. A empresa imediatamente tomou as ações cabíveis para retirar estas unidades de circulação e conta com uma equipe de profissionais mobilizada para dar informações aos consumidores, pelo telefone 0800 703 2222”.

A Pepsico é detentora de marcas como Elma Chips, Quaker (cereais), Toddy e Toddynho (achocolatados), Coqueiro (pescados), Gatorade (bebida esportiva), Lipton (chá pronto, em parceria com a Unilever), Kero Coco e Trop Coco (água de coco), H2OH! e Pepsi-Cola (bebidas com gás).

Fonte: JCRS

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta