Bom Jardim Notícias.com

“BBB 12″: Globo busca gay sem trejeitos e homem homofóbico, diz jornal

“BBB 12″: Globo busca gay sem trejeitos e homem homofóbico, diz jornal

A produção do “Big Brother Brasil” procura um gay assumido para a próxima edição do reality, que estreia em janeiro na Globo.

Porém, desta vez, a emissora busca um

rapaz que não seja afeminado. E mais: tem que ser bonito, alto e forte. Para polemizar, a equipe procura também um homem, de aproximadamente 35 anos e homofóbico.

O time de belas mulheres também está garantido.
A intenção é reunir no “BBB 12″ uma turma mais jovem e bonita. “Já adiantando… vamos ter um BBB mais jovem esse ano! A tendência esse ano é de porralouca! Quem chutar mais o balde entra!”, escreveu Boninho em seu Twitter no início do mês.

Os finalistas selecionados pelos olheiros serão apresentados ao diretor em novembro.

A ordem é sigilo total. Para isso, a produção do reality acompanha de perto o perfil dos candidatos pelo Facebook e outras redes sociais.

 

Artigos Relacionados

1 Comentário

  1. Luciano
    29 de outubro de 2011 às 18:20 Responder & darr;

    Tudo em nome da audiência. Espero que a população GLBT não dê audiência a esse programa. Se isso acontecer, não duvido nada que o homofóbico ganhe. Já aconteceu uma vez com o imbecil do Marcelo Dourado. De repente, pode ser que o gay ganhe de forma que a Rede Globo conquiste a simpatia e a audiência da população gay. Simpatia e audiência que ela perdeu ao dar a vitória a aquele homofóbico.

  2. geraldo eletricista
    1 de novembro de 2011 às 15:08 Responder & darr;

    Isso é uma vergonha, porque eles ñ procuram pessoas que realmente nessecitem do dinheiro que será entregue ao vencedor..
    isso é um discaso a tudo o que Deus nos deixou, o homem e a mulher foram concebidos pela vontade de Deus, portanto se uma pessoa vira gay somente pelo prazer da carne, essa pessoa está contrariando a vontade de Deus Que o fez homem ou mulher; e o povo vê essa vergonha dentro dos programas de tv e aceitam sem poder fazer muita coisa, pois a própia mídia massacradora promove esse pecado gravíssimo que é transmitido para dentro dos dossos lares.
    está na hora de nós tomarmos ciência do que eles querem e pararmos de assistir esse tipo de porcaria que nos é oferecido assim como essas novelas que tem que ter um casal de gay, isso leva a humanidade a cada vez mais se distanciar das vontades de Deus e fazer as vontade desses canalhas da mídia.

  3. Luciano
    1 de novembro de 2011 às 21:11 Responder & darr;

    Sempre tem que aparecer um fundamentalista religioso alienado nesses fórums para vir desviar o assunto e vomitar sua homofobia em nome de baboseiras religiosas. Aliás, eles não seguem a parte do livro dito sagrado que fala para não julgar. Eles seguem o que interessa a eles. Imagino que na visão dessa gente ignorante, os gays são super poderosos para causarem tanta influência na vida das pessoas. Se fosse assim, a heterossexualidade, que é duramente imposta na sociedade, também deveria exercer influência aos gays. A ignorância é uma bênção.

  4. geraldo eletricista
    2 de novembro de 2011 às 06:02 Responder & darr;

    Se sou fundamentalista religioso, sou com muito orgulho; o impotante é que deixei o meu recado e vcd tirem as conclusões que vcs quiserem, se sou ignorante , também ñ tem problema, porque em minha vida eu pesso a Deus que seja feita a vontade dele.. Aproveito o espaço apra pedir a Deus que abensoe a todos que estão lendo..

  5. esperança
    6 de novembro de 2011 às 11:35 Responder & darr;

    Acho que se existem programas que degridem a imagem do ser humano,ridicularizam as atitudes e até mesmo o anormal é considerado NORMAL,é porque existem pessoas desocupadas que não possui ,no mínimo ,senso de ridículo e que os valores morais estão cada vez mais fora do seu cotidiano.E que o dinheiro é a vez para alguns.
    Também sei que possuem pessoas que se sentem bem vendo a desgraça dos outros,porém se não houvesse
    telespectadores disponíveis para assistir o ridículo,com certeza não teria programa.
    Vamos ocupar a juventude com reportagens de atualidades,conhecimentos gerais,bons filmes até mesmo,entrevistas com profissionais no seu dia a dia,etiquetas,moda ,etc.

  6. Mia punuhotu
    17 de novembro de 2011 às 15:03 Responder & darr;

    tenho revistas: manequim, gloss, criativa, marie clarie, globo rural, isto

Deixe uma resposta