Bom Jardim Notícias.com

Ter dentes limpos pode diminuir os riscos de ter um ataque cardíaco e derrame

Ter dentes limpos pode diminuir os riscos de ter um ataque cardíaco e derrame

Escovar  os seus dentes! Essa ação vai além do benefício de um sorriso mais branco; pode também lhe oferecer uma melhor saúde cardíaca.

De acordo com um novo estudo, as pessoas que tiveram seus dentes limpos por um profissional pelo menos uma vez a cada dois anos eram 24% menos propensas a ter um ataque cardíaco em comparação com aquelas que pularam o dentista. O risco de acidente vascular cerebral também diminuiu em 13%.

Ou seja, algo tão simples como ter uma boa higiene dental – escovação, fio dental, e fazer limpezas regulares – pode ser bom para o coração e para o cérebro.

Os pesquisadores revisaram os registros de mais de 100.000 pessoas no banco de dados nacional de Taiwan. Cerca de metade tinha recebido pelo menos uma limpeza, a outra metade nunca tinha tido uma limpeza.

A idade média dos participantes era 38 anos. Nenhum deles tinha sofrido um ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral quando o estudo começou. Eles foram seguidos por uma média de sete anos.

Os resultados mostraram que as pessoas que tinham mais de uma limpeza em um ano tinham o menor risco de ataque cardíaco e acidente vascular cerebral.

Como os pesquisadores não tinham informações sobre fatores de risco para as doenças, como peso, raça e tabagismo, que poderiam ter afetado os resultados, pode ser que pessoas com boa higiene dental sejam simplesmente mais propensas a comer direito e tenham outros hábitos saudáveis para o coração.

Se não for isso, porque existe essa ligação? O link entre a saúde dental e do coração e o risco de derrame não é totalmente claro.

Porém, a inflamação é um problema comum na doença gengival e na doença cardíaca. Uma série de estudos têm relacionado a inflamação crônica com o endurecimento das artérias, que pode levar a ataques cardíacos e derrame.

Escovando os dentes, você pode se livrar de bactérias na boca que podem levar à infecção crônica e inflamação, que podem se espalhar para outras partes do corpo.

Fonte:[WebMD]

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta