Bom Jardim Notícias.com

Os motivos da pirataria no Brasil

Os motivos da pirataria no Brasil

Um assunto que hoje está em pauta no país é a pirataria, mas também não é para menos já que ela cresceu consideravelmente nos últimos anos de acordo com pesquisas da Fecomércio-RJ que apontam que em 2010 48% dos entrevistados admitiram ter comprado algum produto falsificado no ano. Foi criada a cultura da pirataria, onde se tornou algo normal comprar produtos de origem duvidosa e ilícita, uma prática mais que comum na rotina dos brasileiros, onde qualquer cidadão pode baixar por exemplo um filme novo pela internet.

O governo vêm com uma forte campanha contra a pirataria, porém ela se mostra fraca já que qualquer pessoa hoje pode ter um produto ilegalmente, como o download de músicas ilegal online que já foi descriminalizado. As pessoas que compram produtos ilegais estão cientes de que isso é errado, porém continuam comprando graças aos altos impostos cobrados num produto original, pagar tais taxas se mostra inviável já que se pode obter um produto de qualidade pouco inferior por um preço acessível.
Temos fácil acesso a produtos falsificados, sendo que ao virar a esquina encontramos aquelas barraquinhas de DVDs e CDs piratas, além da facilidade de obter o produto temos o fato de que se torna inviável para um cidadão que recebe um salário minimo, pagar mais caro (em torno de vinte reais) para obter um DVD original, sendo que o clandestino se paga em média três reais. As pessoas gostariam sim de poder comprar um jogo para vídeo game original, mas isso é dificultado pelos valores exorbitantes cobrados pelo produto. Hoje um cidadão da classe trabalhadora se vê de certa forma ‘obrigado’ a comprar um produto de fontes ilegais para poder obter o lazer, que em países desenvolvidos e de impostos baixos têm acesso facilitado.
Apesar de todos os fatores citados acima, ainda acredito que seja errado comprar um produto de procedência ilícita, já que essas taxas de impostos cobrados são revertidos em dinheiro que deveriam ajudar na manutenção do Brasil (mas que muitas vezes é desviado para o bolso de políticos corruptos), pois apesar dessas taxas serem indignatórias a Constituição brasileira de 1988 prevê como crime vender ou comprar produtos piratas. Além de tudo isso, ao comprarmos esses produtos estamos favorecendo o crime organizado que tanto nos deixa indignados, estendendo a mão para um bandido, pois o mesmo dinheiro que circula na pirataria ajuda a abastecer o tráfico de drogas. Mas isso não serve como forma de bloqueio para a população, que prefere comprar produtos nocivos e de qualidade inferior, porém de forma barata.
Destaco também que ao comprar produtos piratas você desvaloriza o trabalho dos fabricantes de produtos originais que nada têm haver com as altas taxas cobradas em alguns países como no Brasil, quando você compra um CD pirata seu artista predileto deixa de obter renda com aquilo e esse dinheiro é dado para pessoas que agem de má fé com a população. As vendagens de disco caem consideravelmente ao passar dos anos graças a impossibilidade de se comprar um produto original.
Então eu encerro dizendo que a pirataria é sim crime conforme a constituição brasileira, mas acaba se viabilizando graças a atitudes errôneas do governo que cobra taxas exorbitantes por produtos comuns. O que deveríamos fazer meu querido povo brasileiro é protestar por preços justos e viáveis para pessoas que não gozam de alta renda, é hora de protestar contra os altos impostos cobrados, mas sem favorecer o crime e a clandestinidade. Agora se os países emergentes cobram o triplo do valor do produto nos Estados Unidos, a única solução para a pirataria seria o preço justo que permitiria o acesso a pessoas comuns de produtos originais.
Fonte: http://www.x-tudo.net

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta