Bom Jardim Notícias.com

Tumor de 90 kg é extraído da perna de um vietnamita

Tumor de 90 kg é extraído da perna de um vietnamita

Nguyen Duy Hai, um vietnamita de 31 anos de idade originária da cidade de Ho Chi Minh, foi submetido a uma longa e complicada cirurgia para remover um tumor de quase 90 kg, localizado em sua perda direita em consequência de uma estranha desordem genética e que o impossibilitava de andar.

Um grupo de seis médicos vietnamitas, chefiados pelo cirurgião plástico norte-americano McKay McKinnon, operou Nguyen Duy Hai durante 10 horas seguidas, no France-Vietnam Hospital de Ho Chi Minh. “Os médicos disseram a minha família que a intervenção foi um sucesso e que o tumor foi retirado completamente da perna de meu irmão”, disse o irmão do paciente, Nguyen Duy Sang.

O tumor crescia desde que Duy Hai tinha dois anos, após uma amputação no joelho ocorrida em 1997. Nos últimos anos, a malformação cresceu até atingir 10 cm de diâmetro e mais de um metro de comprimento, o que provocou deformações em sua coluna vertebral e quadril e evitava que o sangue circulasse, além de causar-lhe problemas respiratórios.

Veja o vídeo

De acordo com informações da CNN, os médicos esperam que as funções cardíacas e pulmonares de Hai se normalizem nos próximos 10 dias. Depois disso, Hai deverá começar a reabilitação, fisioterapia e possivelmente receberá ajuda psicológica do hospital com relação a sua imagem corporal, explicou o médico Jean-Marcel Guillon, presidente do France-Vietnam Hospital. “Este paciente viveu toda sua vida com este tumor. Era parte dele”.

O procedimento era considerado um procedimento de risco, com probabilidade de 50% de sucesso por diversas razões, explicou o médico. “Primeiro, um tumor tão grande desenvolve seu próprio sistema sanguíneo, com uma série de artérias fora do sistema vascular normal. Assim, um dos perigos era hemorragia.” O hospital transmitiu a cirurgia ao vivo para que outros médicos e hospitais pudessem observá-la.

O custo da cirurgia é estimado em US$ 20 mil, mas o hospital disse que cobrirá 60% em parceria com a Cruz Vermelha de Da Lat e outros colaboradores, de acordo com a CNN. [AOL Noticias.

Fonte: http://planetwtf.info

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta