Bom Jardim Notícias.com

Os animais também se embebedam

Os animais também se embebedam

Não sei bem onde ouvi alguém argumentar que a natureza é sábia, e que, portanto, drogar-se é coisa de humanos já que nunca ninguém veria um animal se drogando.

Bem, a verdade é que usar a natureza como referência moral ou inclusive lógica é um belo erro recorrente, além de quê os animais fazem muitas coisas que fazemos e em muitos casos somos nós a fazer;imitar alguma coisa que presenciamos sua prática pelos animais.
Por conseguinte, ainda que soe muito contrário, a propensão a embriagar-se com substâncias psicoativas não é exclusiva dos seres humanos ou de rompedores de normas sociais como Timothy Leary, Ken Kessey e demais criaturas do movimento contracultural dos anos 60 nos EUA. Por exemplo, observaram-se aves, elefantes e macacos rastreando o solo loucos por encontrar frutas e bagas que depois de um processo de fermentação natural, começam a produzir álcool.
ingrediente ativo da amanita é o ácido ibotênico, uma de cujas partes se converte, depois de ingerido, em outro composto, o chamado muscimol, este sim responsável pelas alucinações. O interessante do ácido ibotênico é que o corpo só metaboliza uma quantidade muito pequena para produzir muscimol e o resto (cerca do 80%) é eliminado pela urina. As renas então aprenderam que lamber urina carregada de ácido ibotênico produz um “barato” bem mais forte que aquele que se consegue comendo o cogumelo diretamente.

 veja o vídeo
Fonte: http://comunidademib.blogspot.com – via bomjardimnoticias.com

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta