Bom Jardim Notícias.com

E vai rolar a festa…

A Fifa programa uma série de eventos oficiais no Brasil relacionados à organização da Copa do Mundo até a abertura da competição, em 2014. Pela primeira vez, um deles será realizado no Recife, com dois dias de duração. Começa hoje o 2º Seminário Fifa Fan Fest, reunindo representantes das doze cidades escolhidas para o Mundial, com o objetivo de promover uma discussão sobre os espaços públicos oficiais para o maior evento do futebol, com telões para a exibição dos 64 jogos, além de shows culturais e estrutura de lazer e entretenimento. A Fifa aposta na evolução do projeto, tanto que a expectativa de torcedores para as Fan Fests no Brasil é de 35 mil pessoas por dia. Número bem acima das últimas duas Copas, com 20 mil em 2006 e 23 mil em 2010.

A Fifa será representada de forma direta pelo seu gerente-geral de estratégias e marcas, Ralph Straus, e pelo gerente-geral de marketing no Brasil, Jay Neuhaus. Do Comitê Organizador Local (COL), a diretora-executiva Joana Havelange, filha de Ricardo Teixeira, presidente da CBF. O seminário começará às 10h, no Mar Hotel. De Pernambuco, o secretário da Secopa no estado, Ricardo Leitão, e Amir Schvartz, da Secopa Recife. Após responder às perguntas dos jornalistas, durante meia hora, todos os dirigentes deverão decidir a portas fechadas os últimos detalhes dos locais. O anúncio sai ainda este ano.

Cada subsede terá um local específico para fan fest. Em dezembro, uma comissão do COL visitou o Recife, passando pelos dois locais apresentados pelo governo local, a Praia do Pina e o Marco Zero. Por sinal, as autoridades pernambucanas não escondem o desejo de emplacar o polo no Recife Antigo. O governo produziu um dossiê técnico de ambos, sobre quantidade de público, segurança, espaço disponível para camarotes, marketing e trânsito.

De acordo com Amir Schvartz, a capacidade de público para shows no Marco Zero é de 50 mil pessoas, com espaço suficiente para agregar até 250 mil em toda a ilha. No Pina, por outro lado, a capacidade pode ser modulada sem problemas à medida em que cresça a demanda. Apesar de o Pina ter sido o primeiro ponto indicado à Fifa, o fato de o Mundial estar agendado para o inverno (junho/julho) pode inviabilizar a ideia. As fan fests foram oficializadas pela Fifa em 2006, na Copa do Mundo da Alemanha. Uma edição antes, em 2002, na Ásia, eventos públicos não oficiais já haviam chamado a atenção da entidade que comanda o futebol. Há dois anos, no Mundial da África do Sul, o projeto cresceu, com a montagem de fan fests em 16 cidades mundo afora, incluindo o Rio de Janeiro.

Fonte: diario de Pernambuco – via bomjardimnoticias.com

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta