Bom Jardim Notícias.com

O que realmente significa gordura trans? E quais os seus reais riscos?

O que realmente significa gordura trans? E quais os seus reais riscos?

Desde 2006, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) obriga todos os fabricantes a indicar no rótulo a quantidade de gordura trans presente nos alimentos. Por outro lado, o Ministério da Saúde também tenta acabar com a utilização dessa gordura, seguindo o exemplo de países como Suíça e a Dinamarca, onde ela é proibida. A perseguição tem um bom motivo.

 Estudos científicos comprovaram que essa gordura é extremamente prejudicial à saúde: além de aumentar os níveis de colesterol ruim, o LDL, também diminui a taxa de colesterol bom, o HDL. E isso significa elevar o risco de arteriosclerose, infarto e acidente vascular cerebral.
É uma gordura formada a partir de um processo de hidrogenação artificial feito nas indústrias. Sob alta pressão e temperatura, adiciona-se hidrogênio às moléculas de gordura. “O óleo se torna uma gordura mais consistente e mais durável”, diz Denise D’Agostini, farmacêutica da USP.
Parece perfeito. Mas não é. A trans, segundo estudos recentes, é a gordura que mais contribui para a formação de placas nas artérias – e para o aumento da pressão arterial e dos riscos de infarto ou derrames.Por isso, desde o dia 31 de julho deste ano, as empresas estão obrigadas a discriminar a quantidade de trans nos rótulos dos alimentos industrializados.
A gordura trans não é sintetizada pelo organismo e, por isso, não deveria ser consumida nunca. Mas, como isso é quase impossível, o Ministério da Saúde determinou que é aceitável consumir até 2g da gordura por dia, o que equivale a quatro biscoitos recheados. Mesmo tendo isso em mente, um dos grandes problemas para o consumidor é conseguir perceber com clareza quanta gordura trans existe em cada alimento. “A Anvisa determinou que, quando uma porção do alimento possuir até 0,2% da gordura, o rótulo pode dizer que o produto não tem gordura trans, o que não é verdade”, explica Samantha Andrade.

Ou seja, se a embalagem traz os valores referentes à porção de dois biscoitos e esses contiverem 0,2g de gordura trans, o fabricante pode afirmar que o produto é livre dela. Mas, na verdade, se uma pessoa comer 20 biscoitos terá consumido os 2g da gordura. “Por isso, o melhor jeito do consumidor ter certeza do que está comprando é verificar a lista de ingredientes para checar se não existe gordura vegetal hidrogenada na composição do produto”, ensina a nutricionista.

Vale lembrar que os alimentos que mais contêm gordura trans são bolachas, pipocas de microondas, chocolates, sorvetes, salgadinhos e todos os alimentos que tem margarina na composição. Com medo de perder consumidores, a indústria está atrás de outros jeitos de solidificar óleos sem arrasar corações.

A mais nova vedete dos químicos é a interesterificação, processo que aumenta o ponto de fusão das gorduras sem alterar sua estrutura básica. É com ela que se faz, por exemplo, as margarinas sem trans que já existem no mercado. A tecnologia é um pouco mais cara, mas essas novas gorduras não fazem nenhum mal à saúde. Até que alguma pesquisa mostre o contrário.

Fonte: http://puxandoapalha.blogspot.com – via bomjardimnoticias.com

Artigos Relacionados

1 Comentário

  1. Jailda Costa
    31 de Janeiro de 2012 às 21:27 Responder & darr;

    É gratificante ter em nossa cidade uma equipe tão competente e comprometida em levar para os internautas uma variedade de informações, noticiários, entrevistas, orientações, alertas, curiosidades, enfim, uma riqueza de conhecimentos que nos traz engrandecimento e amplia a nossa visão de mundo… Só assim podemos indagar, questionar, criticar, expor nosso ponto de vista e agir de forma consciente e coerente. PARABÉNS AOS QUE FAZEM O BOM JARDIM NOTÍCIAs… Sou assídua desse blog.

  2. 2012 vem ai
    1 de Fevereiro de 2012 às 08:36 Responder & darr;

    PARABÉNS! PELO SUCESSO DO BLOG JA VI MUITAS NOTICIAS COMO ESSA DE SAÚDE QUE ME ALERTOU E MUITO PARABÉNS. ESSE BLOG NÃO É COMO DE MUITOS QUE TEM AQUI EM BOM JARDIM QUE SÓ FALA DE POLÍTICA E SIM SAÚDE, ALERTA, CURIOSIDADE HUMOR E VARIOS OUTROS . CONTINUI ASSIM .

Deixe uma resposta