Bom Jardim Notícias.com

Para que serve o rim

Para que serve o rim

Na infância, nossa vida parece perfeita, temos saúde, força, motivação, enfim, parece até que somos imortais. Podemos nos dar ao luxo de ignorar normas e regras e testar os limites das imposições sociais às quais somos submetidos.

Fisiologicamente,  tudo segue de acordo com a natureza:

Se corremos, fazemos exercícios ou outras inúmeras atividades, sentimos fome, sono, portanto comemos e dormimos.

Não é preciso explicar cientificamente a nossa fisiologia, estamos sempre em movimento e, portanto, sempre saudáveis.

Com o passar dos tempos, nosso corpo vai perdendo a sua capacidade de monitoramento e sensibilidade, relacionados às nossas necessidades fisiológicas.

Outro dia eu vi uma especialista em não sei o quê – Nutricionista? – dizendo que já em idade menos avançada, perdemos parte de nossa sensibilidade ao açúcar e ao sal. Isso faz com que cometamos excessos no sal ou no açúcar, por isso é preciso prestar muita atenção nas receitas e não confiar tanto em nossa percepção, que nunca foi assim tão aguçada, não é mesmo?

Desde jovens, somos avisados sobre a importância da água. Nem precisava, eu pensava, afinal a água é uma necessidade.

O órgão do corpo humano que mais depende da água é o rim, e quando não mantemos uma regularidade em tomar água, é o rim quem sofre as primeiras consequências.

Uma pessoa que tem problemas na bexiga, infecções urinárias, etc. pode optar por tomar menos água, e esse é um erro fatal para a sua saúde.

Rim segundo a Wikipedia: “Rim é cada um dos dois órgãos excretores, em forma de feijão (tendo no ser humano, aproximadamente 11 cm de comprimento, 5 cm de largura e 3 cm de espessura). É o principal órgão do sistema excretor e osmoregulador dos vertebrados. Os rins filtram produtos do metabolismo de aminoácidos (especialmente ureia) do sangue, e os excretam, com água, na urina; a urina sai dos rins através dos ureteres, para a bexiga.”

Apesar de seu tamanho e peso, o rim é um gigante, considerando-se as suas funções e importância:

Wikipédia: “Cada rim é formado por cerca de 1 milhão de pequenas estruturas chamadas néfron. Cada néfron é capaz de eliminar resíduos do metabolismo do sangue, manter o equilíbrio hidroeletrolítico e ácido-básico do corpo humano, controlar a quantidade de líquidos no organismo, regular a pressão arterial e secretar hormônios, além de produzir a urina. Por esse motivo dizemos que o néfron é a unidade funcional do rim, pois apenas um néfron é capaz de realizar todas as funções renais.

Além de excretar substâncias tóxicas, os rins também desempenham muitas outras funções. Abaixo estão listadas as principais funções renais:

Eliminar substâncias tóxicas oriundas do metabolismo, como por exemplo, a ureia e creatinina;

Manter o equilíbrio de eletrólitos no corpo humano, tais como: sódio, potássio, cálcio, magnésio, fósforo, bicarbonato, hidrogênio, cloro e outras;

Regular o equilíbrio ácido-básico, mantendo constante o pH sanguíneo;

Regular a osmolaridade e volume de líquido corporal eliminando o excesso de água do organismo;

Excreção de substâncias exógenas como por exemplo medicações e antibióticos;

Produção de hormônios: eritropoietina (estimula a produção de hemácias), aldosterona (eleva a pressão arterial), cininas e prostaglandinas.

Modificar a forma da vitamina D que chega ao rim depois de ser convertida em uma forma possível de ser transportada pela corrente sanguínea no Fígado transformando esta num hormônio cuja função principal é aumentar a absorção de cálcio no intestino e facilitar a formação normal dos ossos;

Produção de urina para exercer as suas funções excretórias.”

Depois de ler esse texto, conferir sua fonte na Wikipedia, chegamos a conclusão de que devemos sempre fazer uma reflexão quando comemos, bebemos, dormimos ou praticamos outras atividades relacionadas à nossa fisiologia.

Uma pessoa com problemas nos rins, pode comprometer também outros órgãos. No caso de pacientes que fazem hemodiálise, nem dá para falar de seu sofrimento e angústia à espera de um transplante.

A média de água a ser tomada por cada pessoa, é de cerca de dois litros, considerando já a água contida em frutas, sucos, leite, café, etc., mas eu nunca ouvi falar em limite para a quantidade de água a ser tomada.

Também é importante não tomar  muita água em uma única vez, isso pode forçar demais a bexiga.

Para quem tem incontinência urinária, é importante se adaptar pois o organismo não pode ficar sem água.

Beba água!

By Jânio

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta