Bom Jardim Notícias.com

Blocos de Salvador desfilarão em cima de tanques de guerra

O governador da Bahia solicitou o envio pelas forças armadas de dezoito tanques de guerra, veículos militares conhecidos como Urutu e desenvolvidos com blindagem dupla para transporte dos principais blocos carnavalescos de Salvador. Os tanques vieram de Recife e já podem ser vistos nas ruas da capital baiana. “O equipamento de som foi instalado pela Band Music ontem e deve suprir todas as necessidades dos artistas que devem se apresentar em cima deles, pois instalamos caixas de 5000 watts de potência”, disse Plock Landau, engenheiro de som das forças armadas. Fabricados no Brasil, os veículos foram coloridos artificialmente e possuem uma camada externa feita de aço duro e são capazes de resistir a tiros de bazuca e também a batucada pesada do Olodum.

O Urutu é equipado com uma única metralhadora de 12,7 mm e pode transportar de 12 a 14 soldados totalmente equipados ou 18 músicos de uma banda como o Parangolé. “Os tanques vieram para auxiliar a folia durante os dias de carnaval. Como eles não tem canhões, pediremos as cantoras que de axé que se apresentarão em cima deles que venham sem nenhuma maquiagem”, disse o comandante chefe das tropas de apoio durante o motim armado a greve da PM, Chico Norris. A primeira a subir e se apresentar nos tanques foi a cantora Carla Peres. “É lindo aqui em cima, me senti poderosa de verdade, meu rei”, disse Carlinha. O exército brasileiro também disponibilizará abadás confeccionados especialmente pra os primeiros 500 foliões que comprarem a vista os abadás do bloco Cerveja e Cia.  ”São os foliões que brincam com mais alegria todos os anos”, disse o presidente do bloco, Joca Wagner, que não tem nenhum parentesco com o governador do estado.

Foto dos abadás deste ano do Cerveja e Cia

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta