Bom Jardim Notícias.com

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Decreto nº 03 de 01 de Fevereiro de 2012

O Padre de Orobó Padre Rogério pediu as autoridades para que não realizassem festas com bandas (não religiosa) nos dias das festas religiosas nas comunidades e sim com bandas religiosas. O prefeito estava na missa daquele dia e decretou que só não haveria bandas no período da quaresma. Manoel João todo mundo sabe nunca foi e nunca será um ditador, é sim, um prefeito trabalhador e que gosta muito das festas que o mesmo nunca deixou de promover para seu povo. No governo de Manoel João foi que foi inserida a semana da cultura, as festas Juninas, Carnaval, Réveillon na cidade e comunidades de Orobó. Querer no final de seu governo só porque é ano de eleições mascará uma pessoa que só fez o bem para Orobó isso é um desrespeito e uma calunia terrível. Manoel João estar fechando o seu governo com chave de ouro acrescentando no calendário Municipal o Festival de Inverno que foi e será mais uma vez um sucesso.

Como Jovem e testemunha viva da administração do Sr. Prefeito Manoel João esclareço que o mesmo não estar impedindo ninguém a fazer festa de casamento, aniversário ou outra comemoração durante a quaresma e páscoa, no entanto que não seja neste período com bandas que não seja católica de acordo com o pedido do Padre Rogério que queria pra todo tempo e não tão somente neste período.

 

Artigos Relacionados

1 Comentário

  1. marcio
    29 de fevereiro de 2012 às 17:55 Responder & darr;

    Acho que nem na época da ditadura aconteceu algo parecido Esse decreto fere a constituição brasileira está indo contra a lei máxima da nação, esse prefeito tá querendo aparecer em época de eleição…

    Só podia ser um decreto de Prefeito o povo está fora, isso é um absurdo. A sociedade tem que contestar.

    Totalmente inconstitucional, acho que ele esta sendo mal assessorado na area juridica.

  2. jose de lima
    4 de março de 2012 às 16:38 Responder & darr;

    Que pena que esse decreto só vale para o adversário político de orobó
    hoje 04/03/12 a pré-candidata a prefeita pela situação e um pré-candidato a vereador estão realizando uma festa em uma comunidade que faz divisa com bom jardim. Onde o já referido decreto cita que não poderá haver festas nem na cidade, nem nos povoados e comunidades. Que Gestor é este que faz um decreto onde nem o mesmo o respeita? Só serve para o grupo de oposição? Isso mostra mais uma vez que o atual gestor de Orobó está transformando a cidade em um império onde ele manda e desmanda.

    1. jose de lima
      4 de março de 2012 às 16:42 Responder & darr;

      como pode ser um pedido do padre , que a pre-candidata vive praticamente na igreja e não respeita o pedido do seu pastor??????? essa festa deixou todos muito confuso.

Deixe uma resposta