Bom Jardim Notícias.com

Atitude desrespeitosa

Atitude desrespeitosa
Fomos informados de um fato lamentável que circula no mundo virtual. Trata-se da imagem de Frei Damião de Bozzano exposta de maneira abusiva, desrespeitosa. Uma atitude isolada cometida por alguém que não respeita o patrimônio público, e muito menos, a credulidade devocional que o monumento representa.
 
 Não estamos divulgando o fato para fins partidários, e sim, para orientar que determinadas atitudes (que manifestam preferências partidárias) tem limite, momento e local adequado.
 Exortamos os fiéis ao exercício de uma campanha limpa, pautada nos valores cristãos da boa convivência e do respeito ao próximo. Expressemos nossas opiniões de maneira amigável, tendo a convicção de que o único que devemos “exaltar”, é Jesus Cristo, nosso salvador.
 Repudiamos qualquer tipo de ação que venha atentar contra os princípios religiosos do povo bonjardinense.
Conheça o que o monumento representa!
A estadia do frade capuchinho em Bom Jardim revigorou o sentimento religioso disseminado pelos seus primeiros irmãos de ordem que em Bom Jardim estiveram de 1874 a 1876. Sempre acompanhado pelo seu devotado amigo (Frei Fernando) alcançaram um grande prestígio e admiração de toda população. A figura de Frei Damião representava (na época) para a mentalidade popular, a  solução definitiva dos problemas, a cura das enfermidades e o auxílio aos mais necessitados. Esses fatores contribuíram para diversos tipos de manifestações. Multidões se deslocavam de suas respectivas localidades para contemplá-lo junto aos bonjardinenses, aglomerados nas estreitas vielas da cidade.
 
  As pregações à moda antiga de Frei Damião causava inquietude entre os bonjardinenses, resultado de um método pautado pelos princípios teológicos do Concílio de Trento, que estima pelos valores da fé e disciplina da Igreja. Em suas visitas ao município, aproximou o povo de uma vivência qualitativamente sacramental: casamentos, confissões, distribuição de comunhão, batizados, pregações, missas e conversões, proporcionavam um intenso movimento espiritual entre os habitantes sensibilizados pela intensidade do espírito religioso das santas missões. O fascínio pelas suas ações pastorais está presente nos diversos depoimentos populares, até mesmo quando a graça não se alcançava.
 O trajeto missionário do frade foi marcado por um incansável projeto de disseminação religiosa, onde trabalhou incessantemente pela salvação e solidificação da fé dos fiéis bonjardinenses.
Nota: Pastoral da Comunicação da Paróquia de Sant’Ana – http://matrizdesantana.blogspot.com.br/

Artigos Relacionados

1 Comentário

  1. Carla
    22 de setembro de 2012 às 10:51 Responder & darr;

    O pessoal da PASCOM – Pastoral da Comunicação da Paróquia de Sant’Ana, fez bem em não expor a foto original na matéria, sinal de que eles não querem causar sensacionalismo político, e sim ALERTAR para que isso não se repita nessa terra tão devotada a Cristo e aos santos.

    Um desrespeito mesmo da pessoa que teve a infeliz criatividade de fazer aquilo na foto que circula no facebook.
    Boa iniciativa para que todos vejam o significado do símbolo.

    Seja qual for a finalidade da foto, com isso não se brinca.
    Parabéns a equipe brilhante de comunicação da matriz

    Não esperava outra atitude:
    “Repudiamos qualquer tipo de ação que venha atentar contra os princípios religiosos do povo bonjardinense.”

    Parabéns, é sinal de que a Igreja preza pela religiosidade e tradições de seus fiéis!

  2. Eva Souto
    22 de setembro de 2012 às 14:11 Responder & darr;

    Meu Deus, quanto sacrilégio desse povo. Todo dia comete mais um.

Deixe uma resposta