Bom Jardim Notícias.com

Eduardo triplica área do Parque Dois Irmãos

Eduardo triplica área do Parque Dois Irmãos

Uma reserva de ar puro e biodiversidade no coração da Região Metropolitana do Recife (RMR), o Parque Dois Irmãos, teve sua área triplicada por meio de um decreto assinado hoje (21/08) pelo governador Eduardo Campos. Na ocasião, também foram empossados 548 conselheiros ambientais, que vão atuar nas recém-criadas Unidades de Conservação (UC).

Agora, o parque, que antes possuía 384 hectares, terá 1.558 hectares. O terreno adquirido pelo Governo pertencia ao antigo Banco Econômico, hoje sob a responsabilidade do Banco Central.“Esses novos 774 hectares serão preservados e vamos cuidar para essa área ser bem aproveitada pelo Parque Dois Irmãos”, disse o governador.

Para Eduardo, essas Unidades de Conservação e os novos conselheiros têm um papel estratégico no futuro das pessoas. Os conselheiros vão atuar nas 22 Unidades de Preservação (UC). Do total, 21 vão funcionar na RMR e o foco será a Mata Atlântica. Em Serra Talhada, no Sertão, a UC vai preservar uma área de Caatinga.

Com 33 anos de militância pela causa ambiental, a conselheira Luci Machado afirma com propriedade que o debate e as ações estão evoluindo. “Quando comecei a luta pelo Engenho Uchoa, na RMR, não sabia a amplitude da causa”, revelou Luci, afirmando que hoje há um enorme esforço do Governo em cuidar da biodiversidade do estado.

Até 2014, estarão funcionando no estado 81 Unidades de Preservação. “Para garantir o sucesso dessas políticas ambientais, nós criamos condições orçamentárias, pois essas ações dialogam diretamente com a sobrevivência do ser humano”, explicou o governador.

Sérgio Xavier, secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, destacou a importância das ações realizadas pelo Governo do Estado e o esforço para incluir a sociedade no debate sobre o meio ambiente. “Temos uma gestão moderna que escuta o povo e se preocupa com o futuro”, ressaltou.

A triplicação do Parque Dois Irmãos e o fortalecimento das Unidades de Conservação representam passos fundamentais no avanço da implementação das ações do Plano Estadual de Mudanças Climáticas, primeiro a ser instituído no país, lançado pelo Governo de Pernambuco em 2011.

Além da assinatura do decreto e a posse dos conselheiros ambientais, a cerimônia também marcou o encerramento do Fórum Pernambucano de Mudanças Climáticas, que apresentou os resultados do Painel Brasileiro de Mudanças Climáticas. O fórum reuniu estudos de comunidades científicas.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta