Bom Jardim Notícias.com

FAMOSOS QUE NÃO SE DERAM BEM NAS URNAS

Candidatos a vereador ‘famosos’ obtêm votação pouco expressiva

Fotomontagem

O resultado das eleições para a Câmara Municipal de São Paulo acabou –ao menos por enquanto– com o sonho de figuras conhecidas na mídia que tentavam uma carreira como político. Sem o mesmo sucesso nas urnas de Tiririca, humorista que foi recordista de votos em 2010 e conquistou uma vaga de deputado, outros “famosos” não tiveram votação expressiva na eleição deste domingo (7).

O ex-BBB Serginho, por exemplo, que disputou uma das 55 vagas na Câmara Municipal pelo PSD, obteve 2.619 votos e ficou na 222ª posição.

A Mulher Pêra (PT do B), que durante a campanha apostou em decotes e fotos sensuais para conquistar eleitores, ficou em 257º lugar, com 2.126 votos.

O humorista Marquito (PTB), famoso por participar do programa do Ratinho, ficou em 68º lugar, com 22.198 votos.

Entre os ex-jogadores candidatos, Marcelinho Carioca (PSB) teve 19.729 votos, enquanto Dinei (PDT) foi o escolhido por 9.243 eleitores, o que lhes garantiu a 80ª e a 119ª posição, respectivamente.

Um dos destaques, porém, foi o empresário Massataka Ota (PSB), que ficou conhecido após seu filho Ives, ser assassinado em 1997, quando tinha 8 anos. Ele obteve 62.693 votos, e ficou em 7º lugar.

O cantor Kiko KLB (PSD), não aparece com nenhum voto computado porque teve a candidatura impugnada pela Justiça Eleitoral.

FOLHA.COM
TITULO ACARADEVITORIA

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta