Bom Jardim Notícias.com

É hora de ser feliz, cuidado com o mau humor

É hora de ser feliz, cuidado com o mau humor
Ser feliz não é pecado
Ser Feliz não é pecado
 A felicidade é desprezada por muita gente. A pessoa feliz sofre o preconceito de parecer uma pessoa vazia, sem conteúdo. No entanto, algo ela tem, senão não incomodaria tanto. Será que é porque ela nos confronta com nossa própria miséria existencial? É irritante ver alguém naturalmente linda, rica, simpática, inteligente, culta, talentosa, apaixonada e, ainda por cima, magra! Essa ninfa nunca ouviu falar em insônia, depressão, dívidas, mousse de chocolate?
Se você acredita que ser feliz compromete seu currículo de intelectual engajado, troque por outro termo, mas não cuspa neste prato. Embriague-se de satisfação íntima e justifique-se dizendo que é um louco, apenas isso. Como você sabe, os loucos sempre encontram as portas do céu abertas. (Martha Medeiros)
Mau humor 
 Se o mal-humor alheio consegue contaminar você…
Se a maledicência consegue irritar você…
Se a crítica destrutiva faz você desanimar…
Se a provocação de um agressor consegue alcançar você…
É porque você ainda não tem o verdadeiro equilíbrio.
A paz e o equilíbrio nascem de dentro para fora, portanto os fatores exteriores não podem afetá-los.
Quando somos atingidos pelo que vem de fora, é porque estamos ainda à mercê das circunstâncias.
Se já conseguimos, de verdade, adquirir o equilíbrio, estaremos sempre equilibrados, seja num ambiente agradável ou num ambiente hostil. (José de Moraes)
Cuidado com o mau humor 
Eu, particularmente, não conheço nenhum relato, em que o mau humor tenha contribuído para resolver algum problema.
Ninguém gosta de conviver com alguém mal-humorado.
Às vezes ouço expressões como:
– Me deixe quieto, hoje não estou bem…
– É melhor nem conversar comigo…
– Me deixe curtir meu “nervosismo”, sozinho…
Cuidado com o mau humor

Essas pessoas se esquecem, de que ou outros não têm culpa de seus problemas e se eles estão próximos, é porque desejam ajudar.

O mínimo que essa pessoa deve fazer é ser educada.
Mande o meu humor “plantar batatas” e sorria.
É mais fácil resolver os problemas quando conservamos o bom humor.
Quando você se irrita com o problema e fica tenso, o problema se sente mais seguro e arrebenta com você. Mas, coso você sorria para o problema e o olhe “de cima para baixo”, ele vai se sentir diminuído e não se tornará um oponente difícil de ser abatido.
Lembre-se, sempre:
– No trabalho, seus colegas não merecem seu mau humor, afinal eles não têm culpa de você ter brigado com a esposa.
– No lar, sua esposa não merece seu mau humor, afinal, ela não tem culpa dos seus problemas no trabalho.
– Na convivência doméstica, seus filhos não merecem seu mau humor, afinal, eles não tem culpa, se o dinheiro não é suficiente para pagar as contas.
Por tudo isso, cuidado com o mau humor…
(Agnaldo Paviani)

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta