Bom Jardim Notícias.com

Julgamento do goleiro Bruno Fernandes é adiado para 4 de março de 2013

 Novo defensor do jogador pediu desmembramento do processo

A juíza Marixa Fabiane acolheu o pedido da defesa do goleiro Bruno Fernandes, Lúcio da Silva, e adiou o julgamento para 4 de marçode 2013. Marixa explicou que a data anteriormente marcada, 21 de janeiro, era um período difícil para formação do conselho de sentença. Bruno será julgado com o ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, e sua ex-mulher, Dayanne Souza. Lúcio da Silva, advogado do atleta, alegou que não sabia o suficiente do processo e precisaria de tempo para se inteirar do assunto. Ele foi anunciado como novo defensor nesta quarta-feira (21) .
A acusação tentou argumentar que a ação se tratava de uma manobra para atrasar o processo. O promotor,Henry Wagner Vasconcelos, disse que há um quarto defensor, regularmente constituído: Antônio Rolim, que não se encontrava presente no plenário e não manifestou qualquer espécie de renúncia ou transferência dos poderes na defesa. Ele ainda citou a lei em que “o advogado que renunciar ao mandato continuará, durante os 10 dias seguintes à notificação da renúncia, a representar o mandante”.
O júri popular de Luiz Henrique Romão, o Macarrão, e de Fernanda Gomes, ex-amante do jogador, continua normalmente.
Substituição
Com a entrada do advogado Lúcio Silva, Franscisco Simim deixou seu posto de advogado titular do goleiro. Simim continua à frente da defesa da ex-mulher do jogador, Dayanne Rodrigues. Os únicos advogados de Nruno a partir de agora são Silva e Antônio Rolim.
Juliana Ferreira, do R7

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta