Bom Jardim Notícias.com

Gangnam style’ é primeiro vídeo a ter 1 bilhão de acessos no YouTube

Gangnam style’ é primeiro vídeo a ter 1 bilhão de acessos no YouTube

O clipe “Gangnam style”, do rapper Psy, bateu a marca de 1 bilhão de acessos no YouTube nesta sexta-feira (21), um número nunca alcançado até agora e que demonstra a popularidade do sul-coreano e da sua famosa dança do cavalo invisível. O vídeo foi publicado em 15 de julho de 2012

Em novembro, o vídeo de Psy, que faz crítica ao estilo de vida da classe rica de Seul, já tinha quebrado o recorde do livro Guinness ao se tornar o clipe com o maior número de “likes” do YouTube: 2,141,758 ao todo, em 21 de setembro deste ano. No mesmo mês, as imagens ultrapassaram 805 milhões de visualizações no Youtube. No Brasil, a música já havia se tornado a mais baixada na loja virtual iTunes.

Psy, cujo verdadeiro nome é Park Jae-sang, foi condecorado como uma das maiores recompensas da Coreia do Sul. Embora a letra da música esteja em coreano, seus passos de dança e o ritmo da melodia o fizeram ganhar milhares de adeptos em todo o planeta. Personalidades como o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, o prefeito de Londres, Boris Johnson, e o presidente americano, Barack Obama, não hesitaram em dançar “Gangnam style”.

Segundo um post publicado na comunidade apocalíptica “The Project Avalon Forum”, o sucesso de “Gangnam Style” seria um sinal do fim do mundo, de acordo com uma previsão de Nostradamus (1503-1566). O texto diz que “na calma manhã, o fim virá quando o número de círculos do cavalo dançante chegar a nove”. A marca de 1 bilhão de acessos de “Gangnam Style” no YouTube representaria os nove zeros. E o nome do país de onde vem Psy (a Coreia do Sul) significa “terra da calma manhã”.

“Gangnam style” foi escolhida também, ao lado de “abismo fiscal” e “Romneyshambles”, para se tornar palavras do ano do Collins Dictionary. “Procurávamos por palavras que contassem a história do ano”, afirmou Ian Brookes, editor consultor do dicionário. “Algumas palavras vêm de eventos que ocorreram e sumiram e não devem continuar… mas outras provavelmente estão aqui para ficar.”

Crítica social
Por baixo da superfície engraçada e esquisita da canção que conquistou o mundo, está um afiado comentário social sobre os novos ricos do país e Gangnam, o distrito próspero onde muitos deles vivem. Gangnam é só uma pequena fatia de Seul, mas inspira uma complicada mistura de desejo, inveja e amargura. Gangnam é o endereço mais cobiçado na Coreia, mas há menos de duas gerações era pouco mais do que algumas casas isoladas, cercadas por terras planas e valas de drenagem.

O distrito de Gangnam, que literalmente significa “ao sul do rio”, tem cerca de metade do tamanho de Manhattan. Cerca de 1% da população de Seul mora lá, mas a maioria dos seus moradores é muito rica. A média de preço de um apartamento em Gangnam é de US$ 716 mil, quantia que um chefe de família sul-coreano com rendimento médio demoraria 18 anos para ganhar.

Os locais de comércio e governo em Seul sempre estiveram ao norte do rio Han, nas vizinhaças em volta dos palácios reais, e muitas das famílias com dinheiro antigo ainda vivem lá. Gangnam, entretanto, é o dinheiro novo, o beneficiário de uma explosão de desenvolvimento que começou nos anos 1970.

Fonte – G1

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta