Bom Jardim Notícias.com

Polícia prende 10 pessoas acusadas de falsificação e contrabando de cigarros em Limoeiro e RMR

Polícia prende 10 pessoas acusadas de falsificação e contrabando de cigarros em Limoeiro e RMR
download (1)Nove homens e uma mulher foram presos, nesta quarta-feira (7), suspeitos de participar de um esquema de falsificação e contrabando de cigarros. As prisões ocorreram em Caruaru e Limoeiro, no Agreste de Pernambuco, no Recife e em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana.
A Operação Alcatrão ainda cumpriu onze mandados de busca e apreensão, expedidos pela 4ª Vara Criminal de Caruaru. Durante a operação, a polícia recolheu 140.500 carteiras de cigarro, entre material falsificado ou fruto de contrabando. O produto vai ser encaminhado para o depósito da Receita Federal e, depois, será incinerado.
A Operação Alcatrão reuniu 100 policiais civis, 35 policiais militares, 34 auditores da Secretaria Estadual da Fazenda e 22 auditores da Receita Federal. As investigações duraram nove meses e começaram em outubro do ano passado com a descoberta de uma fábrica clandestina de cigarros, em Feira Nova, no Agreste.
Responsável pela operação, o delegado Joselito Kehrle disse que os cigarros falsificados eram comercializados, principalmente, na Região Metropolitana e Agreste do estado. “As cidades próximas de Caruaru eram abastecidas com o produto. O aumento maior do alcatrão fazia com que aumentasse o poder viciante do cigarro”, explicou.
Fora os crimes de falsificação e contrabando de cigarros, a polícia investiga também sonegação fiscal, crimes contra a saúde pública, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro. Os homens foram encaminhados para a Penitenciária Juiz Plácido de Souza, em Caruaru, e a mulher seguiu para a Colônia Penal Feminina de Buíque. Com informações do G1 PE.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta