Bom Jardim Notícias.com

Exclusivo! Saiba o que Scheila vai alegar à Justiça para ser indenizada por Kamyla

Exclusivo! Saiba o que Scheila vai alegar à Justiça para ser indenizada por Kamyla

Sheyla-Kamyla-Tony-SallesScheila Carvalho não vai deixar barato o escândalo da traição de seu marido, Tony Salles, propagado no Brasil inteiro pela amante, a empresária Kamyla Simioni, conforme antecipou à TV. Porém, Acabou o Brasil conseguiu informações exclusivas do processo.

À Justiça, os advogados da dançarina vão tentar provar dano moral e material para conseguir uma reparação em dinheiro pelos transtornos causados pelo caso.

O blog descobriu que, na ação, o casal alega prejuízo material pelo suposto cancelamento de shows da banda Raghatoni (de Tony Salles) após a publicação das fotos da traição.

Curta ‘Acabou o Brasil’ no Facebook

Siga ‘Acabou o Brasil’ no Twitter

O processo vai insinuar, ainda, que as provocações públicas de Kamyla teriam contribuído para que a peoa fosse eliminada da disputa pelos R$ 2 milhões, em A Fazenda. 

Aqui, Scheila não perdeu dinheiro, mas deixou de ganhar.

No entanto, seus advogados podem alegar que ela tinha chances de sair vitoriosa ou ter levado, pelo menos, um dos prêmios previstos para os três primeiros colocados na competição.

O pedido de indenização também argumenta que a imagem do casal ficou “arranhada”, o que pode atrapalhar futuros convites para publicidade ou eventos.

Pelo dano moral, o processo vai explorar o constrangimento público sofrido por Scheila e sua família.

#VALOR A RECEBER#

Acabou o Brasil conversou com fontes jurídicas, que afirmam que não há como traçar o valor que Scheila pode ganhar. A Justiça considera a cifra de acordo com o caso e o prejuízo comprovado por meio de documentos e testemunhas. Reportagens sobre o caso estarão anexadas ao processo.

A decisão do valor a ser pago, caso Scheila vença a ação, não prevê o enriquecimento do favorecido (o casal), mas é considerada apenas uma punição ao condenado (Kamyla Simioni), explicam os especialistas. A equipe jurídica da dançarina não foi localizada para comentar a defesa.

Do outro lado, a rival já disse não estar preocupada com o processo. É bom que fique, pois, de acordo com os juristas consultados, é bem possível que Kamyla, que anda ganhando dinheiro com festas e convites para posar nua, tenha que colocar mesmo a mão no bolso (e também na consciência).

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta