Bom Jardim Notícias.com

Escritores Onildo Pereira Santos e Mário Souto Maior foram lembrados na Erem Justulino, no dia do Folclore

Escritores Onildo Pereira Santos e Mário Souto Maior foram lembrados na Erem Justulino, no dia do Folclore
Dia do Folclore – ISTO É CULTURA!!!
O IluminadorOnildo Pereira Santos

Francisco Barbosa, ou Tico Barbosa, era tido como um velho sábio, conhecedor de rezas, que usava conforme as necessidades.
Com isso, curava olhados maus, peito aberto, ventre caído, dor de dente, dores reumáticas, constipação, sol na cabeça, etc.
Também rezava animais atacados de bicheira, cujos bichos caiam um a um deixando o animal completamente são.
Desapartava brigas com rezas e também fazia parar sangue em veias cortadas e ainda apagava incêndios em canaviais ou roçados.
Portas fechadas a chave, conseguia abrir com um talo de capim.
Aconselhava a substituir o chaveiro de mental por cordão de algodão.
Advertido que podiam roubar o cavalo que deixava Á noite sem proteção, certo dia foi inspecionar o animal. Lá encontrou um ladrão que desde cedo da noite montado no cavalo, não fazia o animal andar nem conseguir descer do mesmo. O Sr. Tico o repreendeu, severamente, dizendo:
-De outra vez, escolha de quem vai roubar.
Contam que, fazendo um favor a um amigo prestes a ser preso pela policia, o Sr. Tico o rezou, transformando-o em um tôco .
A policia passou pelo mesmo, não enxergando. Depois o Sr.Tico, pôs a mão no tôco que fumaçava e, dando ordens para levantar-se, desfez o encanto.
Sua casa era bem frequentada, pois aqueles que precisavam de seus préstimos sempre o procuravam.
Nada cobrava. Dizia; “palavras de Deus não se vende, dar-se de presente”.

Retirado do livro “Bom Jardim – História e Cultura” – vol. 2 – de Onildo Pereira Santos, escritor bonjardinense.

Do Diario da História Jovem

www.professoredgar.com

Artigos Relacionados

1 Comentário

  1. Addyson Pastl
    22 de agosto de 2013 às 21:29 Responder & darr;

    Este meu tio era um homem honrado, fazia o bem a todos sem olhar a quem. Suas histórias contadas com o bom humor de sempre, encantam quem as lê.

Deixe uma resposta