Bom Jardim Notícias.com

Policiais são presos em Limoeiro por sequestro e extorsão

Policiais são presos em Limoeiro por sequestro e extorsão
algemasForam presos na manhã desta quarta-feira (28) os quatro policiais militares acusados de sequestrar uma mulher e extorquir a quantia de R$ 7500 no último dia 29 de julho, em Limoeiro, no Agreste pernambucano. Além de sequestro e extorsão, eles são acusados de formação de quadrilha armada, abuso de autoridade, invasão de domicílio qualificada e usurpação de função público. No dia 29 de julho, por volta das 11h30, o cabo Mailson Silva, de 44 anos, e os soldados José Valdir Barbosa de Mendonça, 36, Luciano Coutinho de Arruda, 30, e João Antônio de Lima Carvalho Barros, 25, foram à casa de uma mulher não identificada, no bairro do Ponto Certo, em Limoeiro e o cabo Mailson se apresentou como oficial de Justiça. Ele alegou que veio liberar uma moto e convenceu a mulher a entrar numa viatura descaracterizada onde estavam os outros suspeitos. Eles a conduziram à margem de uma estrada, na PE-95, e espancaram a vítima exigindo uma quantia de R$ 7500 e que esse dinheiro tinha que estar depositado na conta dela. Eles obrigaram ela a fornecer o cartão e a senha da conta corrente. Eles foram a uma agência do Bradesco em Limoeiro, quando Mailson retirou um extrato e viu que não havia a quantia. Daí eles seguiram para almoçar na Praça da Bandeira. Dois suspeitos desceram e dois ficaram com a vítima, dentro da viatura. Nesse intervalo, segundo informações da investigação, a mulher ligou para alguém, que providenciou a quantia exigida pelos sequestradores. Da Praça da Bandeira, eles se dirigiram novamente ao Bradesco, onde já constava os R$ 7500. Mailson ordenou à vítima que fosse sacar na boca do caixa o valor, acompanhada de João Antônio e José Valdir. As câmeras da agência confirmaram a presença dos três. A vítima recebeu o dinheiro e entregou na mão de um dos suspeitos. Depois disso, ela foi liberada. Uma coletiva de imprensa na SDS, no bairro de Santo Amaro, no Recife, foi realizada na tarde desta quarta-feira (28) para divulgar os detalhes da investigação. Os suspeitos estão em poder da Polícia e prestarão depoimento.
 Fonte:Jornal do Comercio

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta