Bom Jardim Notícias.com

Desenvolvimento com barra: em pé ou sentado ?

Desenvolvimento com barra: em pé ou sentado ?

Um debate muito comum no mundo da musculação é se devemos fazer o desenvolvimento com barra em pé ou sentado parar gerar mais resultados. Contudo, a resposta para esta questão não é “preta ou branca” como a maioria das pessoas imaginam. Veja alguns fatos que você precisa considerar antes de decidir qual forma de desenvolvimento será empregada no treino.

1 – Se você faz desenvolvimento com barra sentado, você remove várias estruturas musculares do movimento, tirando um pouco do efeito de “exercício composto” do desenvolvimento.

2 – A maioria dos esportes são praticados em pé. Ao fazer desenvolvimento com barra em pé você aprende a estabilizar o tronco sob cargas pesadas, prevenindo lesões na lombar.

3 – Porém, fazer desenvolvimento em pé requer mais atenção a execução e você precisa se cuidar para não gerar uma lesão no próprio movimento já que não há suporte para fixo para as costas.

4 – Você deve conseguir fazer desenvolvimento com barra (em pé ou sentado) sem usar cinto na lombar. Se não for possível, ou você está fazendo o exercício errado ou possui um problema articular que deve ser investigado por um profissional o quanto antes.

desenvolvimento

5 – Se ganho de massa muscular é o seu único objetivo, tanto desenvolvimento em pé como sentado vão funcionar. Se você busca performance e longevidade em outros esportes, o desenvolvimento em pé é a melhor pedida.

Bônus

6 – Uma das melhores maneiras para quebrar platôs de força no supino é parar de fazer supino por três meses, e usar este tempo para melhorar sua carga no desenvolvimento com barra, independente de qual forma seja; em pé ou sentado, com barra ou halteres.

Trocando em miúdos, se você busca aumento de desempenho em outros esportes, desenvolvimento em pé é a melhor pedida, já que o exercício recruta uma maior porção de sistemas musculares para que o exercício possa ser executado e aumenta a segurança da lombar ao fazer atividades fora da academia. Por outro lado, se você busca apenas hipertrofia, escolha o posicionamento que você se sinta melhor, pois ambos cumprirão a missão no quesito estimular o crescimento muscular.

Texto por Charles Poliquin, um dos treinadores de treinamento com pesos mais bem sucedidos dos Estados Unidos. Trabalha exclusivamente com atletas profissionais e atletas olímpicos.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.