Bom Jardim Notícias.com

16 dicas espertas para economizar água em casa

16 dicas espertas para economizar água em casa

Rever nossos hábitos de consumo não custa nada e pode ter um impacto enorme sobre a economia de água no planeta

Os níveis dos reservatórios da cidade de São Paulo nunca estiveram tão baixos. A preocupação com uma eventual falta de água na quarta maior metrópole do mundo tem tirado o sono de muita gente. E com razão. Sabendo disso, o que você está fazendo para ajudar a diminuir o consumo de água? Mesmo que na sua região haja água em abundância, é sua responsabilidade também tomar medidas para preservar este recurso.

“É possível economizar água mudando pequenos hábitos dentro de casa”, explica Marco Aurélio Teixeira, gerente de negócios da CAS Tecnologia. A empresa é responsável pela implantação de medidores individualizados de água em São Paulo e notou um aumento de 20% na demanda pelo sistema nos últimos meses, desde que começaram as discussões sobre a crise de abastecimento de água na cidade.

A última pesquisa do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS) mostrou que o consumo médio de água por habitante é de 163 litros por dia no Brasil, 48% acima dos 110 litros indicados pela ONU como necessidade básica do ser humano para consumo e higiene.

Ainda que nossa média diária não seja tão alta quando a de países como Estados Unidos (500 litros) e Canadá (613 litros), temos um bom caminho a percorrer em termos de economia de água.

Confira a seguir 16 dicas para fazer a sua parte e reduzir o consumo de água utilizada na sua casa.

  1. Reutilize a água liberada pela máquina de lavar. É só colocar um balde na saída de água e reaproveita-la para lavar a calçada ou o carro, por exemplo.
  1. Pare de usar a mangueira para lavar áreas externas e o carro. Ao lavar o carro com um balde, por exemplo, você gasta apenas 60 litros de água e não os 560 litros que seriam gastos com a mangueira ligada por 30 minutos, destaca Marco Aurélio. Para limpar a calçada, prefira a vassoura.
  1. Diminua o tempo do banho. Um banho de 15 minutos com registro meio aberto leva a um gasto de 135 litros. O mesmo banho por cinco minutos, fechando o registro ao se ensaboar, consome 15 litros, explica o especialista.
  1. Feche a torneira enquanto escova os dentes. Escovar os dentes por cinco minutos com a torneira aberta gera um gasto de 12 litros de água, enquanto se você molhar a escova, fechar a torneira e bochechar com um copo de água, gastará apenas 0,5 litro.
  1. Colete a água da chuva. Coloque baldes de água no quintal para coletar água da chuva e utilize para regar plantas ou lavar o chão.
  1. Feche a torneira enquanto ensaboa a louça. Organizar a louça antes de lavar e só abrir a torneira para enxaguar ajuda a poupar muita água corrente.
  1. Encha as máquinas de lavar roupa e louça. Lavar tudo de uma vez, usando a capacidade plena das máquinas, é a melhor forma de aproveitar a água utilizada. Nada de lavar de pouquinho em pouquinho.
  1. Descongele alimentos na geladeira. Nada de usar a torneira. Tire o alimento do freezer um dia antes e descongele na geladeira.
  1. Deixe um balde embaixo do chuveiro enquanto a água esquenta. Se você tem o costume de esperar a água esquentar antes de tomar a ducha, deixe um balde embaixo do chuveiro para reutilizar a água depois para regar plantas, encher o pote de água do bichinho de estimação ou lavar a calçada, por exemplo.
  1. Use menos água na hora de cozinhar. Será que você precisa encher tanto a panela para cozinhar as batatas? E, para lavar verduras, em vez de deixá-las direto na água corrente, vale deixá-las de molho em um pote com água e solução à base de cloro (produto encontrado em qualquer supermercado).

Para fazer tão logo possível

  1. Aproveite a hora do banho para fazer xixi. Não, isso não tem nada de nojento! 95% do xixi é água e os 5% restantes são principalmente ureia e sais. Existe até mesmo uma campanha para estimular as pessoas a aderir a esse hábito. Conheça aqui.

  1. Chamar um encanador para checar vazamentos. Para se ter uma ideia do impacto dos vazamentos, uma torneira pingando pode desperdiçar até 46 litros de água em um dia. São 16 mil litros no ano (cerca de 64 mil copos de requeijão).
  1. Instalar redutores de vazão de água nas torneiras e chuveiros. Esses dispositivos diminuem o fluxo de água e proporcionam uma economia maior, destaca Marcos.
  1. Preserve a água da piscina. Se sua piscina ainda não tiver bomba e filtro, está mais do que na hora de chamar um profissional para instalar esses recursos, fundamentais para manter a água limpa por mais tempo. Além disso, é importante fazer a manutenção periódica para monitorar eventuais vazamentos e comprar uma capa para cobrir a piscina quando ela não estiver em uso para evitar a evaporação.

Para fazer no futuro

  1. Instalar telhados verdes com cisterna para armazenamento de água. Os telhados verdes já são uma realidade e existem, inclusive, empresas especializadas na instalação dessa tecnologia em residências. “Toda água da chuva pode ser captada e reaproveitada internamente para uso em descargas, por exemplo”, explica João Manuel Feijó, engenheiro agrônomo e diretor da Ecotelhado.

  1. Substituir as descargas de casa por modelos inteligentes. As descargas duplas, por exemplo, que liberam três ou seis litros de água por acionamento são uma boa pedida, recomenda Marcus Saussey, especialista em Gestão Ambiental.

Pegada hídrica: como calcular?

Você sabe qual é a sua pegada hídrica? A pegada hídrica de um lar é o cálculo que demonstra quanto seus hábitos diários consomem de água. Para descobrir a sua, clique no link, veja quanto está gastando e adote as 16 medidas citadas acima para fazer sua parte. Como a página é em inglês, abra o link pelo navegador Google Chrome e clique com o botão direito na página, selecionando “traduzir para o português”.

Além de adotar esses novos hábitos no seu lar, espalhe essas dicas e ideias entre quem você conhece. Colabore com o meio ambiente, faça sua parte.

Fonte: http://www.dicasdemulher.com.br/dicas-espertas-para-economizar-agua-em-casa/ – por Jenifer Corrêa – Foto: Thinkstock

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta