Bom Jardim Notícias.com

Santa Cruz marca no final, vence o Sport e avança na Sul-Americana

Santa Cruz marca no final, vence o Sport e avança na Sul-Americana

A imprevisibilidade trazida por um clássico é algo fascinante no futebol. Mal das pernas no Brasileirão, o Santa Cruz bateu o Sport por 1×0, nesta quarta-feira (31), na Arena de Pernambuco, e carimbou a classificação para a fase internacional da Copa Sul-Americana, após empate em 0x0 no primeiro encontro. Com mais um público decepcionante, as duas equipes fizeram um duelo de pouca técnica, mas com emoção. E aos 37, veio a redenção coral com o gol anotado por Bruno Moraes. Na próxima etapa, a Cobra Coral deve encarar o Independiente Medellín, da Colômbia, que goleou o Sportivo Luqueño por 3×0 no jogo de ida.

E se o primeiro encontro foi em banho-maria, este segundo começou fervendo. Se de um lado os tricolores apostaram numa escalação sem surpresas, os rubro-negros ousaram com Mansur e Mark González, com Everton Felipe sendo barrado e ficando no banco de reservas. E sem vantagem prévia de nenhuma das partes, o duelo aconteceu de maneira franca. Apostando nas investidas pela direita, com os velocistas com os “Xaviers” Samuel e Gabriel, o Leão também deixava muito espaço para os contra-ataques justamente no mesmo lado. Porém, a primeira chance surgiu por uma falha do árbitro. Puxado pelo braço, Ronaldo Alves levou a pior e Grafite saiu de frente para Magrão, que fez grande defesa para impedir a abertura do placar.

(Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco)

Festa dos jogadores com a torcida após o gol

Com mais volume ofensivo, o Sport não se abateu e chegou perto do empate com Mark González cabeceando com perigo. Porém, a melhor oportunidade dos mandantes veio aos 27. Em erro de saída com os pés de Tiago Cardoso, Gabriel Xavier driblou Luan Peres e bateu rasteiro para a boa defesa do arqueiro coral, mas na volta Edmílson chutou e primeira para Cardoso operar milagre e evitar o gol.

Na segunda etapa, as doses de emoção tiveram uma folga na primeira metade. Toda a coragem inicial das duas equipes parece ter sumido. Com lances ríspidos, a partida ficou morna e as chances de gol ficaram cada vez mais escassas. O treinador Oswaldo de Oliveira não esperou muito e apostou nas entradas de Serginho e Vinícius Araújo nos minutos iniciais. As alterações não surtiram efeito, com o Leão mostrando desorganização, principalmente pela completa falta de ritmo de jogo de Diego Souza. Após um mês parado, o craque leonino emperrou o meio de campo e foi peça nula, perdido na marcação coral. E a redenção tricolor veio aos 37. Após chute de Keno, Magrão soltou no pé de Bruno Moraes, que só tocou para o fundo do gol e garantiu a classificação do Santa Cruz.

Ficha do jogo

SPORT 0
Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Ronaldo Alves (Durval) e Mansur; Rithely, Paulo Roberto (Serginho), Gabriel Xavier, Diego Souza e Mark González; Edmilson (Vinícius Araújo). Técnico: Oswaldo de Oliveira
SANTA CRUZ 1
Tiago Cardoso; Léo Moura, Luan Peres, Danny Morais e Allan Vieira; Uillian Correia, Derley e João Paulo (Artur); Pisano, Keno e Grafite (Bruno Moraes). Técnico: Doriva

Local: Arena de Pernambuco (em São Lourenço da Mata). Árbitro: Diego Haro (PER). Assistentes: Raul Lopez Cruz e Michael Orue (PER). Gol: Bruno Moraes (aos 37 do 1ºT). Cartões amarelos: Edmílson, Gabriel Xavier e Vinícius Araújo (Sport). Derley, Uilliam Corrêa, Derley, Jádson, Bruno Moraes e João Paulo(Santa Cruz). Público: 6.570. Renda: R$ 102.840,00

http://www.folhape.com.br/

Compartilhar

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta