Bom Jardim Notícias.com

Sport joga bem, mas é derrotado pelo Galo

Sport joga bem, mas é derrotado pelo Galo

Merecimento não é bem uma palavra que combina com futebol. Mesmo assim, é possível arriscar que o Sport merecia uma sorte melhor no jogo contra o Atlético/MG, nesta quinta-feira, no estádio Independência, em Belo Horizonte. A partida, válida pela 25ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, terminou com a vitória mineira, por 1×0. Mas, e se o goleiro Magrão não tivesse sido expulso, em lance infantil? Essa resposta não poderá ser respondida. De certo apenas que com o resultado o Leão está na 13ª colocação, com 30 pontos – dois de diferença para a zona de rebaixamento.

sport-1509

Foi surpreendente a forma como o Sport se comportou por boa parte da partida contra o Atlético/MG, em Independência. Apesar do evidente favoritismo do Galo Mineiro, melhor colocado no Campeonato Brasileiro e atuando diante de seu torcedor, o Leão não se comportou para se segurar. A impressão deixada pela equipe era a da busca pela vitória. E, com certeza, em determinado momento, o torcedor rubro-negro chegou a esperá-la. Um ponto, no entanto, mudou as expectativas.

O momento chave do jogo aconteceu aos 38 minutos do primeiro tempo. Até aquele instante, o Sport chegava a ter mais posse de bola, e conseguia aliar a segurança na zaga, com a velocidade de seus homens de frente. Mais uma vez, os destaques estavam sendo o meia Everton Felipe e o atacante Ruiz. Foi então que um lance desmontou o Leão. Ao tentar cortar uma bola fora da área, o goleiro Magrão errou o tempo da bola e utilizou das mãos para afastar o perigo. Por conta disso, cartão vermelho direto. De imediato, Agenor foi acionado na vaga de Everton Felipe.

Até o final do primeiro tempo, o Leão conseguiu suportar a pressão mineira. Na volta do intervalo, também foi possível observar um Sport bem à vontade em campo. Apesar de numericamente inferior, trocas de passes no campo ofensivo eram protagonizados e lances de perigo também. Aos 13 minutos, no entanto, o placar foi aberto. Otero deixou dois marcadores rubro-negros para trás, em jogada individual, e deixou para Junior Urso, que chutou de fora da área, sem chances para Agenor. 1×0.

Com a segunda desvantagem computada no jogo, o Sport, com um jogador a menos, teve lampejos de possibilidades. Vez ou outra, o goleiro Victor via sua tranquilidade ser ameaçada. Enquanto isso, o Atlético/MG completou o jogo deixando claro que não estava em uma noite inspirada. A possibilidade de ampliar o marcador surgiu apenas com um lance de Fred, livre, frente a frente com Agenor, que o atacante acertou o travessão rubro-negro.

FICHA DE JOGO

ATLÉTICO/MG
Victor; Marcos Rocha (Erazo), Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Rafael Carioca, Júnior Urso, Otero (Carlos Eduardo) e Clayton; Lucas Pratto e Fred. Técnico: Marcelo Oliveira

SPORT
Magrão; Samuel Xavier, Matheus0 Ferraz, Durval e Rodney; Paulo Roberto, Neto Moura, Everton Felipe (Agenor), Gabriel Xavier e Rogério (Apodi); Ruiz (Vinícius Araújo). Técnico: Oswaldo de Oliveira

Local: Arena Independência (Belo Horizonte).
Horário: 19h30.
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP).
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Herman Brumel Vani (ambos de SP).
Gols: Júnior Urso (aos 13 do 2ºT)
Cartões amarelos: Samuel Xavier (Sport)
Cartão vermelho: Magrão (Sport)
Público e Renda: Não divultados

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta