Bom Jardim Notícias.com

5 posições sexuais mais perigosas para o homem

5 posições sexuais mais perigosas para o homem

Engana-se quem pensa que entre as 5 posições sexuais mais perigosas para o homem estão aquelas em que é preciso fazer malabarismo com a parceira. Na verdade, algumas posições muito comuns são as principais responsáveis pelas fraturas penianas. Saiba quais são elas e como evitar lesões no pênis com as dicas que o umComo.com.br vai dar a respeito do assunto.

Estudos revelaram quais são as posições sexuais mais perigosas para o homem. Em primeiro lugar ficaram as posições em que a mulher se mantém por cima, como a chamada cavalgada. Estima-se que metade dos casos de fraturas no pênis durante o sexo se deva a essa posição, uma vez que é a mulher quem controla os movimentos quando está sobre o parceiro, além dela colocar todo o seu peso em cima dele. Caso a mulher esteja empolgada e não perceba que o homem está sentindo dor, ele pode não conseguir sair da posição.

2

A fratura pode ocorrer até mesmo quando a mulher pousa sobre o pênis ereto, o que pode ser feito de maneira errônea e machucar. Além disso, durante os movimentos, o pênis pode escapar da vagina e a mulher sentar sobre ele, o que também é motivo para uma lesão no órgão. Isso não significa que o casal deva abandonar essa posição, que está entre as preferidas de muitas mulheres. No entanto, é necessário que a parceira esteja atenta às reações do homem e que pare o seu movimento caso perceba que está machucando ele.

3

Nesse mesmo sentido, a segunda posição sexual mais perigosa para o sexo masculino é a cavalgada ou cowgirl invertido, ou seja, quando a mulher se senta de costas para o parceiro. Aqui, a mulher não enxerga o rosto do homem para perceber a sua reação caso haja dor, por isso, a recomendação é que a mulher evite movimentos muito bruscos. Além disso, durante o sexo, mesmo que não ocorra uma fratura, pode haver micro traumas no pênis, que com o passar do tempo podem ser as responsáveis pelo que se chama Doença de Peyronie, um tipo de fibrose ao redor do órgão.

4

Mas não é apenas quando a mulher está por cima, controlando a situação, que as fraturas podem acontecer. Dessa forma, no terceiro lugar das posições mais perigosas está a posição de quatro, independente de ser penetração vaginal ou anal. Para evitar lesões, ambos devem moderar no ritmo dos movimentos, que devem começar devagar até que a penetração total aconteça. Além disso, em caso de desconforto para qualquer um dos dois é importante que os movimentos sessem e o pênis seja retirado.

5

Além das posições mais comuns, as que exigem um pouco mais de esforço do casal podem causar ainda mais desconfortos. Mesmo que isso não deva desestimular a inovação na cama, é preciso experimentar novos movimentos aos poucos, respeitando os limites corporais de ambos. Muitas delas exigem mais equilíbrio e, por isso, podem levar o casal para o chão na hora do sexo. Um exemplo que pode lesionar a coluna é a posição Ponte de Londres, a quinta colocada, em que o homem faz a posição ponte com o seu corpo e a mulher senta por cima dele.

6

Essa não é uma posição para todos e mesmo quem conseguir executá-la pode ter dificuldade em receber o peso da mulher, já que o mesmo vai pressionar inclusive os seus tornozelos e pulsos. Caso ele não suporte e ambos caiam no chão, pode haver lesões na sua medula espinhal, além de machucados nas regiões pélvicas de ambos. A dor no bumbum do homem seria o menor dos problemas.

http://relacoes.umcomo.com.br/

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta