Bom Jardim Notícias.com

Por que doces, fast-food e refrigerantes fazem mal para a saúde?l

Por que doces, fast-food e refrigerantes fazem mal para a saúde?l

Pode parecer tentador imaginar uma mesa cheia de doces, fast-food e refrigerantes, mas estes são os piores alimentos para o homem. Estas comidas apresentam altas taxas de açúcar ou sódio, além de toda a gordura que enviam para dentro do nosso corpo. Os riscos para a saúde são incontáveis!

No caso dos lanches e batatas fritas, o inimigo é o sódio, um micronutriente que, quando ingerido em excesso, causa danos ao coração e o aumento da pressão arterial. Essa condição pode facilmente levar a um ataque cardíaco. Por isso, a melhor decisão é evitar o consumo de fast-food e produtos industrializados, principalmente de salsichas, mortadela, hambúrgueres e pizzas congeladas.

Hambúrguer

A recomendação médica é que os adultos não consumam mais de 2.000 miligramas de sódio por dia. Vale dizer que comendo apenas um hambúrguer com batatas fritas uma pessoa já quase supera a quantidade de sódio considerada segura para o consumo diário.

Doces

Os serviços de fast-food vendem comida rápida, sem nutrientes e com elevado potencial de prejuízo à saúde. Isso inclui refrigerantes, pizzas, batatas, salgados, lanches diversos, sorvetes, milk-shakes, etc. As propriedades nutricionais destes alimentos são extremamente limitadas.

Coca-cola

Na prática, o consumo desse tipo de alimento altamente calórico pode:

· Elevar os níveis de colesterol e triglicérides no sangue;

· Aumentar os riscos de doenças do coração;

· Oferecer uma quantidade baixa de fibras;

· Prejudicar o funcionamento do intestino;

· Causar prisão de ventre;

· Prejudicar o sistema imunológico;

· Aumentar as chances de câncer;

· Levar ao desenvolvimento de diabetes e colesterol alto;

· Sobrecarregar os rins.

Outro ponto perigoso sobre estes alimentos é o excesso de gordura trans, que pode diminuir o colesterol bom (HDL) e elevar o colesterol ruim (LDL). Nesta situação, a pessoa pode ter um entupimento de artérias e, consequentemente, um infarto.

Além de tudo isso, o excesso de calorias dos doces, fast food e refrigerantes provoca obesidade. Prova disso é que um estudo mostrou que os funcionários de redes de fast-food têm um elevado risco para o ganho excessivo de peso e para diabetes tipo II.

Compartilhar

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta