Bom Jardim Notícias.com

Estes são os primeiros sinais que indicam o câncer: eles surgem bem antes do diagnóstico

Estes são os primeiros sinais que indicam o câncer: eles surgem bem antes do diagnóstico

Hoje, as medidas preventivas e os exames periódicos têm salvado a vida de muitas pessoas que desenvolvem câncer. Já se sabe que o diagnóstico precoce é sem dúvida o melhor remédio para a cura definitiva.

sinais-de-cancer-ignorados

Alguns médicos relacionam diversos sintomas sutis que juntos podem indicar que algo mais sério vem por aí. Por isso, é importante que hoje todos saibam alguns dos sinais e sintomas mais comuns do câncer. No entanto, deixamos bem claro que ter esses sinais, obviamente, não indica que a pessoa tenha câncer ou possa vir a desenvolver a doença. Mas, os médicos do Instituo Oncoguia deixam claro que apresentar tais sintomas por um longo período de tempo ou se piorarem, é indispensável consultar um médico para descobrir a causa.

Febre que vai e volta, sem tomar remédio

A febre sempre virá mais cedo ou mais tarde em pessoas que desenvolvem câncer. É uma resposta imunológica do organismo que sinaliza que algo não vai bem no corpo. Quase todos os pacientes com câncer terão febre em algum momento, principalmente se a doença ou o tratamento afeta o sistema imunológico. Com menos frequência, a febre pode ser um sinal precoce de um câncer, como leucemia ou linfoma. Essa febre é persistente e surge do nada pelo menos três vezes por semana e depois vai aumentando a frequência.

Sentir cansaço o tempo todo

Pessoas com câncer geralmente apresentam um cansaço extremo que não melhora com o repouso. Ela pode ser um sintoma importante quando o câncer está se desenvolvendo, como a leucemia. Com a alteração das células do sangue, os órgãos não são oxigenados como deveriam e isso provoca um cansaço que nada cura.

Perder peso significativo

A pessoa não está fazendo dieta, não está praticando exercícios físicos e então perda em um pouco período de tempo 10 kg. Isso não é bom sinal e também indicar câncer. A maioria das pessoas com câncer perderão peso em algum momento. Isso acontece na maioria das vezes com o câncer de pâncreas, estômago, esôfago ou de pulmão.

Dor que não passa

A dor localizada numa determinada região é comum em vários tipos de câncer, como câncer no cérebro, nos ósseo, no ovário, no testículo ou no intestino. Na maioria dos casos, esta dor não alivia com o repouso e não é causada por exercício excessivo ou outras doenças, como artrite ou lesão muscular. É uma dor persistente que não cede com nenhuma alternativa como compressas frias ou quentes, somente com analgésicos fortes.

he

Alterações na pele

O câncer de pele e alguns outros tipos de câncer podem causar alterações na pele, como hiperpigmentação, icterícia, eritema ou coceira.

Mudanças intestinais

Um sinal muito comum para pessoas que desenvolvem câncer colo-retal é a constipação a longo prazo, diarreia ou alteração nas fezes pode ser um sinal de câncer colo-retal. Ter variações como fezes muito duras ou diarreia por mais de 6 semanas pode ser um sinal de câncer, principalmente câncer do intestino. Além disso, em alguns casos também podem surgir grandes alterações no padrão intestinal, como ter fezes muito duras durante alguns dias e, em outros dias, diarreia, além de barriga inchada, náuseas e vômitos.

Feridas que nunca cicatrizam

O surgimento de feridas em qualquer região do corpo, como boca, pele ou vagina, por exemplo, que demoram mais de 1 mês para cicatrizar, também pode indicar câncer numa fase inicial, pois o sistema imene está mais fraco e ocorre diminuição das plaquetas que são responsáveis por ajudar na cicatrização de lesões.

Sangramentos

Hemorragia pode acontecer no câncer inicial ou avançado. Tosse com sangue no escarro pode ser um sinal de câncer de pulmão. Sangue nas fezes pode ser um sinal de câncer colorretal. O câncer de colo do útero ou de endométrio pode causar sangramento vaginal importante. Sangue na urina pode ser um sinal de câncer de bexiga ou câncer de rim. Uma secreção sanguinolenta do mamilo pode ser um sinal de câncer de mama.

Tosse e rouquidão por mais de 3 semanas

Ter tosse persistente, falta de ar e voz rouca pode ser um sinal de câncer de pulmão, de laringe ou tireoide, por exemplo. Tosse seca persistente, acompanhada de dor nas costas, falta de ar e cansaço intenso podem indicar câncer de pulmão.

Manchas na pele

O câncer pode provocar alterações na pele, como manchas escuras na pele, pele amarelada, manchas vermelhas ou roxas com bolinhas e pele áspera que causa coceira. Além disso, qualquer verruga, mancha ou sarda que altere de cor, tamanho ou forma, ou que muda suas bordas deve ser imediatamente examinada por um médico. Uma alteração na pele pode ser um melanoma que, quando diagnosticado no início, pode ser tratado com sucesso.

Fontes: tuasaude / oncoguia / grupocoi
Imagens: Reprodução/ tusaludybienestarpuravida / natureba
Compartilhar

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta