Bom Jardim Notícias.com

5 sinais enviados pelo corpo podem salvar-te de uma morte certa

5 sinais enviados pelo corpo podem salvar-te de uma morte certa
O nosso corpo é uma delicada máquina executada por diferentes elementos. Quando a “máquina” começa a falhar, o nosso corpo emite alguns sinais sobre o nosso estado físico. Saber reconhecer estes sintomas é da mais elevada importância se quiser tomar medidas e evitar uma morte certa.
Estes são os 5 sinais vitais aos quais deve tomar medidas urgentes quando os observar:
sinais-de-doenca-no-corpo
1- Urina:
A primeira viagem à casa de banho logo pela manhã pode dizer muito sobre sua saúde. Mais de 70% dos marcadores de urina podem indicar diferentes condições, a cor e cheiro são um sinal certo que está doente!

Cor: A cor da sua urina normalmente mostra o nível de hidratação. Um tom mais claro é um bom sinal, enquanto um tom escuro sugere desidratação ou insuficiência renal.

Frequência de micção: A frequência de viagens à casa de banho também é um indicador de numerosas doenças que vão desde diabetes à extrema ingestão de bebidas alcoólicas ou café, gravidez ou músculos magoados. Para evitar a conhecida condição de incontinência, deve realizar exercícios da musculatura pélvica.

Cheiro: O cheiro da urina depende dos alimentos que comemos. Não é motivo de preocupação por si só, a menos que acompanhado de cor escura e odor.

O sangue na urina: Ter sangue na urina é um claro sinal de que alguma coisa está mal no aparelho urinário ou nos rins. Pedras nos rins também pode ser a causa, à medida que passam através da uretra e danificam as membranas mucosas. Se notar este sintoma, precisa ser visto por um médico imediatamente. Para preservar a saúde do seu trato urinário tem que ter estilo de vida saudável, que inclui fazer uma dieta rica em frutas e legumes, exercício físico regular e beber muita água. Certifique-se que manter-se hidratado durante todo o dia, a fim de evitar a desidratação.

2- Dentes:
Visitas de rotina ao dentista vai ajudar a saber se tem problemas de saúde oral. Alterações nos dentes ou gengiva geralmente indicam problemas com o seu coração, pulmões e sistema gastrointestinal, por isso nunca devem ser ignorado.
Inflamação e sangramento nas gengivas: Se as suas gengivas estão inflamadas ou tem sangramento, provavelmente é um sinal de doença de goma ou diabetes. De acordo com estudos, pacientes com diabetes têm maior risco de doenças da gengiva em comparação com indivíduos saudáveis. Doença de goma é causada por uma infeção bacteriana que destroem as gengivas, e de acordo com estudos, uma saúde bucal adequada não significa que esteja livre de contrair, mas o risco desta condição será significativamente reduzido.
Rachaduras nos dentes: Dentes rachados geralmente fazem parte do processo de envelhecimento, mas também podem indicar azia. Quando sofrer desta condição, os ácidos do estômago voltam ao esófago danificando o esmalte dos dentes. Como resultado, os dentes ficam mais fraco e sujeitos a rachar.
Feridas cronicas na boca: Feridas na cavidade oral é uma coisa normal, especialmente se morde o interior da sua boca. No entanto, se as feridas não saram sozinhas em 2 semanas, deve visitar o dentista, pois pode ser um caso de cancro oral. De acordo com vários estudos, o cancro na boca é uma doença em rápida ascensão e afeta especialmente os fumadores. A taxa de sobrevivência do cancro oral não é grande, por isso que precisa ter sempre consultas de rotina no seu dentista.
Perda de gengiva e dentes soltos: Pode não imaginar, mas os dentistas podem detetar os primeiros sinais de osteoporose. Recessão gengival, dentes soltos e dentes cair são os primeiros sinais da doença que normalmente afeta as mulheres com mais de 50. A osteoporose é difícil reconhecer pois os sintomas são bastante vagos até que seja tarde demais. Por isso as visitas ao dentista são cruciais para a detecção precoce da doença.
Placa bacteriana e dores nas gengivas: A placa bacteriana que acumula sobre os dentes é a mesma placa que bloqueia as artérias e causa ataques cardíaco ou derrames. De acordo com estudos, a inflamação da gengiva é uma das causas mais comuns de problemas cardíacos, germes da boca podem acabar na corrente sanguínea, desencadeando embolia e ampliando os vasos sanguíneos.
3- Peso:
Perda ou ganho de peso são condições comuns que são causados pela dieta, estilo de vida e ansiedade. Ganho de peso ou perda súbita nunca deve ser ignorado, pois pode ser um sinal de problemas de desequilíbrio hormonal ou de tireoide.
4- Pele:
A pele é o nosso maior órgão, como tal, está constantemente exposta a numerosas influencias exteriores todos os dias. Por isso é importante notar qualquer alteração na superfície da sua pele. Se notar algumas mudanças substanciais, tais como modificações de cor, novos crescimentos, áreas moles ou escuras, deve ir a um dermatologista para ser observado. A avaliação por um dermatologista é fácil e indolor, assim pode travar muitas condições, incluindo melanoma.
5- Unhas:
As unhas podem ser muito elegantes, mas suas características são extremamente importantes. Pequenas e grandes alterações nas unhas podem certamente ser um sinal de várias doenças.
Unhas pálidas: O brilho das unhas pode representar uma base de unha clara ou células sob a unha. Pode ser indicador de anemia ou ausência de glóbulos vermelhas no sangue que pode ser confirmado através de um exame de sangue. A anemia ocorre quando existem baixos níveis de ferro no sangue. Para adicionar mais ferro à sua dieta, deve comer vegetais de folha verde tais como beterraba e feijão.
Unhas frágeis, finas e diferentes: Embora unhas finas pode ser causado escassez de cálcio, esta ocorrência também pode estar relacionada com o desequilíbrio da tireoide. A glândula  está localizada no pescoço e é responsável pela regulação de importantes processos metabólico e dos níveis de energia. Níveis insuficientes de hormonas da tireoide no corpo pode resultar na perda de peso, perda de cabelo e unhas frágeis, é importante detetar quaisquer alterações nas unhas e visitar um médico imediatamente.tireoide
Unhas amarelas e espessas: Os dedos são os mais afetados pelas unhas espessas e amarelas. Estas mudanças são normais nos casos de uma infeção fúngica que pode estender-se para a área da unha. Cremes antifúngicos e revestimentos não são eficazes nestes casos, como a infeção é por baixo da unha não é possível ao creme alcançar. A fim de aliviar esta condição, precisa visitar um médico que pode prescrever-lhe pílulas antifúngicos adequadas.
Linhas brancas nas unhas: As linhas brancas horizontais nas unhas são chamadas de linhas Muehrcke e pode ser uma indicação de deficiência de nutrientes ou proteína, tal como doença hepática e anormalidades. Se observar essas linhas, adicione mais proteína à sua dieta e procure ajuda médica se não desaparecer num mês.
Unhas danificadas: Unhas azuis ou danificada são uma indicação de que o seu corpo tem falta de oxigênio, o que pode ser causada por doenças da respiração ou pelo sistema cardiovascular. Feridas debaixo da unha podem ser causadas por má circulação sanguínea ou baixa temperatura, razão pela qual deve consultar um médico depois de notar hematomas sob suas unhas

Compartilhar

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta