Bom Jardim Notícias.com

Entenda o que é a osteoporose e como se prevenir

Entenda o que é a osteoporose e como se prevenir

A osteoporose é uma doença caracterizada pelo enfraquecimento dos ossos. Isso faz com que sejam freqüentes as ocorrências de fraturas, necessitando de imobilização prolongada ou até mesmo de cirurgias. A doença ainda pode acarretar em outras consequências causadas pelas fraturas, como dores crônicas, trombose e diminuição ou perda de função do segmento acometido. Entenda a osteoporose e como se prevenir da doença.

Entenda a osteoporose: como prevenir a doença.
Entenda a osteoporose: como prevenir a doença.

O que é a osteoporose e como se prevenir

Segundo o ortopedista e diretor clínico da SO.U Ortopedia, Dr. Bruno César Aprile, a prevenção da doença se inicia com uma dieta balanceada, principalmente quanto a ingestão adequada de cálcio, associada à prática de exercícios físicos e exposição diária de 15 minutos ao sol, “o que leva habitualmente a uma formação adequada de vitamina D pelo organismo”, recomenda.

Ao contrário do que se pensa, o osso é um tecido vivo e está em constante renovação por células que formam e que reabsorvem o osso. E para que aconteça essa formação do osso, o médico explica que o organismo precisa de um equilíbrio hormonal adequado, associado à presença de cálcio e de vitamina D em quantidades adequadas. Dessa forma, as células formadoras de ossos conseguem transformar o cálcio em cristais que são a base de formação dos ossos.

O ortopedista alerta para a necessidade da realização do exame de densitometria óssea, que detecta a doença, por mulheres acima de 65 anos e homens acima de 70. “Mais importante ainda, ele deve ser realizado antes disso quando houver fatores de risco associados, segundo recomendação médica”, completa.

Os principais fatores de risco da doença:

Consumo em excesso de álcool, cigarro e/ou café.
Distúrbios alimentares ou de absorção (desnutrição anorexia, dieta desbalanceada, doenças intestinais)
Distúrbios hormonais (tireóide ou paratireóide)
Peso abaixo do recomendado (índice de massa corpórea)
Sedentarismo
Fatores de risco para quedas frequentes (tapetes e obstáculos para pessoas mais idosas).

Além desses fatores, existem outros, como idade avançada, sexo feminino, histórico familiar, baixa estatura, etnia, menopausa precoce, histerectomia, uso de medicamentos que causam osteoporose, entre outros.

Segundo o dr. Bruno César, a osteoporose é mais decorrente em mulheres, devido ao fato de que a menopausa leva a um distúrbio hormonal com a queda do estrogênio, que atua ajudando na formação dos cristais e matriz óssea. “E a queda súbita desse hormônio leva a um desequilíbrio no metabolismo ósseo”, diz.

Tratamento da osteoporose

Não tem mistério: o melhor tratamento para a osteoporose é a prevenção! Isso porque, apesar de existirem ótimos tratamentos para a doença, dificilmente se consegue a cura em casos mais sérios. “O tratamento geralmente melhora um pouco ou estabiliza a densidade, não deixando que ela pior. No entanto, a prevenção, associada a um acompanhamento médico especializado e frequente em mulheres próximas da menopausa e em pessoas com fatores de risco, são os melhores tratamentos disponíveis”, recomenda.

Para pessoas que já tenham o diagnóstico de osteoporose ou de osteopenia (estágio intermediário entre o normal e a osteoporose), o melhor é o acompanhamento médico para definir o tratamento mais indicado.

Você está próxima da menopausa ou tem algum dos fatores de risco? Não deixe de fazer a prevenção da osteoporose! E para acompanhar mais dicas de saúde, acompanhe o Doutíssima!

Home

Compartilhar

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta