Bom Jardim Notícias.com

Náutico vence o Atlético/GO por 2×1 e está no G4 da Série B

Náutico vence o Atlético/GO por 2×1 e está no G4 da Série B

O objeto de desejo do Náutico na Série B do Campeonato Brasileiro é o G4. A aspiração é terminar a competição no grupo dos quatro melhores para subir de divisão. E nesta sexta-feira (28), após vencer o Atlético/GO por 2×1, na Arena de Pernambuco, o Alvirrubro está de volta ao lugar de onde não quer sair mais. Com dois gols de Rony, ambos na etapa complementar, o Timbu subiu para o 4º lugar com 54 pontos e entrou na zona de acesso na 33º rodada. Magno Cruz diminuiu para o Dragão nos instantes finais da partida

Na próxima rodada, com o objetivo de seguir no pelotão da frente, o adversário será o CRB, no sábado, às 16h30, no Rei Pelé, em Maceió. O Dragão segue na liderança com 61 pontos, com o acesso encaminhado e enfrentará o Goiás, no Serra Dourada.
Intensidade definiu a etapa inicial da partida, principalmente pelo lado do Náutico.

A equipe do técnico Givanildo Oliveira marcou sob pressão a saída de bola do adversário e realizou uma verdadeira blitz nos primeiros 15 minutos. Foram pelo menos quatro chances claras de abrir o placar. Com poucos segundos, Bergson já havia acertado a trave direita do goleiro Klever. Na sequencia, Rony aproveitou um passe errado da defesa goiana e chutou cruzado para fora. Os atacantes ainda participaram de outros dois momentos de perigo, mas que não resultaram em gol.
O Atlético /GO, apesar de pressionado, marcou bem e mostrou na transição ofensiva o porquê de ser líder da Série B. Em uma rápida troca de passes, Michel saiu na cara de Júlio César e arrematou no canto, mas o goleiro alvirrubro fez uma grande defesa.

Após os 30 minutos, a qualidade do futebol na Arena caiu e deu lugar à tensão causada pelos erros da arbitragem. Um pênalti não marcado inflamou a torcida do Náutico, que também perdeu a paciência com a cera do Dragão a cada bola parada. Por tentarem retardar o reinicio da partida, Gilsinho e Pedro Bambu foram punidos com cartões amarelos.

N utico x Atletico GO (7)

O Timbu manteve a pegada e a intensidade na volta do intervalo. Foi para campo disposto a definir logo o placar. E com um minuto, após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Rony pegar de primeira e mandar no canto do goleiro. Golaço que fez explodir a Arena de Pernambuco em festa. O Dragão tentou de alguma forma surpreender, porém, antes de tentarem o empate, levaram o segundo. Gastón cobrou o lateral na área, Vinícius disputou com a defesa e a bola sobrou na área. Rony, mais uma vez, se antecipou ao goleiro e quase sem ângulo mandou para o fundo das redes.

Tudo ficou favorável para um final de jogo tranquilo para os alvirrubros. Apenas nos instantes finais o Atlético/GO pressionou e conseguiu diminuir o placar após tabela na área. Magno Cruz mandou na saída de Júlio César para deixar o placar em 2×1. Mas não houve tempo para buscar o empate e o Náutico conseguiu garantir uma importante vitória para voltar ao G4.

Ficha do jogo

NÁUTICO 2
Júlio César; Joazi, Rafael Pereira, Igor Rabello e Gastón; João Ananias, Rodrigo Souza (Negretti), Marco Antônio e Vinícius (Renan Oliveira); Rony e Bergson (Tiago Adan). Técnico: Givanildo Oliveira.

ATLÉTICO/GO 1
Klever; Matheus Ribeiro, Marllon, Ricardo Silva e Romário; Michel, Pedro Bambu (Luiz Fernando), Magno Cruz, Jorginho e Gilsinho (Alisson); Júnior Viçosa. Técnico: Marcelo Cabo.

Local: Arena de Pernambuco (São Lourenço da Mata).
Árbitro: Célio Amorim (SC). Assistentes: Thiago Americano Labes e Eder Alexandre (Ambos de SC).

Gols: Rony (ao 1 e aos 15 do 2ºT); Magno Cruz (aos 45 do 2ºT)
Cartões amarelos: João Ananias, Gastón, Vinícius, Bergson e Rodrigo Souza (Náutico); Michel, Jorginho, Marllon, Gilsinho e Pedro Bambu (Atlético /GO)
Público: 15.319. Renda: R$ 275.095,00

Compartilhar

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta