Bom Jardim Notícias.com

Cientistas franceses dizem que homens tem seus níveis de testosterona aumentados quando ingerem comidas apimentadas

Cientistas franceses dizem que homens tem seus níveis de testosterona aumentados quando ingerem comidas apimentadas

Cientistas franceses da Universidade de Grenoble realizaram um estudo que sugeriu que homens com preferência por comidas apimentadas possuem maiores níveis de testosterona. No homem, este hormônio é fundamental para o desenvolvimento dos tecidos reprodutores, como os testículos e próstata, e no desenvolvimento de características sexuais secundárias, como o aumento da massa muscular, massa óssea e o crescimento de pelos no corpo. Além disso, ela também é um fator determinante no comportamento sexual masculino, pois a mesma é responsável pelo aumento do desejo sexual.

Para o estudo, os cientistas contaram com  114 homens, de 18 a 44 anos que foram orientados a temperar um prato de purê de batatas com sal e molho de pimenta ao gosto de cada um. Depois de comerem, os cientistas retiraram amostras de salivas de todos os voluntários e descobriram que os homens que tinham caprichado no molho apimentado possuíam maior nível de testosterona em relação ao outro – que optou por menos sal e pimenta. A quantidade de sal não foi levada em conta nos resultados, uma vez que um estudo prévio publicado no Physiology and Behaviour, garante que a preferência por sal  não está relacionada aos níveis de testosterona.

Uma grande gama de fatores genéticos, físicos, psicológicos e sociais pode influenciar o consumo de comida apimentada. Ainda é muito cedo para afirmar se isso não é uma coincidência”, disse Laurent Begue, líder do projeto. No entanto, o autor  acredita que estes resultados  podem significar algo mais: “Esses resultados estão alinhados com resultados de pesquisas que mostram um link entre níveis de testosterona e situações de risco no campo econômico, sexual e comportamental. Nesse caso, isso se aplica no risco gastronômico”.

Vatapa-Quente

Outra possibilidade que não foi descartada pelo estudo é a de que isso não tem relação alguma com a biologia. Homens fazem isso pela crença cultural de que comidas apimentadas são mais “masculinas” e que somente homens másculos podem suportar a sensação de ardência. O autor diz que a testosterona está altamente ligada a sentimentos de competitividade, o que explicaria tudo isso como uma grande exibição.

O estudo, não menciona se mulheres podem ter seus níveis de testosterona aumentados ao ingerir comidas apimentadas.

Fonte: sciencealert/medicaldailyresearchgate/  testosterona
  Imagens: Reprodução/materiaincognita/ firsttoknow
Compartilhar

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta