Bom Jardim Notícias.com

Náutico é derrotado pelo CRB em Maceió e fica fora do G4

Náutico é derrotado pelo CRB em Maceió e fica fora do G4

Mirando o G4 da Série B, O Náutico foi até Maceió enfrentar o CRB, neste sábado (5). Com três desfalques, o Timbu precisava vencer o time alagoano para conseguir uma situação mais confortável na parte de cima da tabela, mas o resultado não veio. Sustentando o empate até o segundo tempo, os alvirrubros foram derrotados por 1×0 e permaneceram na 5ª colocação, com 54 pontos – apenas um a menos que o Avaí, 4º colocado.

17437147580004753650000

Diante de um CRB nervoso, o Náutico teve maior posse de bola fora de casa e muito mais tranquilidade no início da partida no Rei Pelé. Sem Gaston Filgueira, Rodrigo Souza e Bergson, Givanildo Oliveira optou por montar o time com Mateus Muller, Negretti e Tiago Adan, que acabou sendo um dos destaques do Timbu no primeiro tempo.

Detentor do segundo melhor ataque da competição, o CRB pouco assustou os pernambucanos. Tanto que, foi o Náutico quem balançou a rede. Aos 17 minutos, Tiago Adan, que fez seu primeiro jogo como titular sob o comando de Givanildo, marcou o gol alvirrubro, mas, em lance confuso, o assistente marcou impedimento.

Apesar do equilíbrio em boa parte do primeiro tempo, o Timbu voltou a criar situações onde poderia sair para o intervalo na vantagem, pressionando os donos da casa nos últimos minutos. Em uma das oportunidades, Tiago Adan ajeitou de cabeça e Marco Antônio, de frente para a meta, acabou batendo para fora, desperdiçando uma excelente oportunidade.

O início do segundo tempo já mostrava um jogo mais corrido, diferente do que foi visto na primeira etapa. Tanto que, em menos de dois minutos, dois lances de perigo já haviam sido protagonizados por ambas as equipes. Pelo alvirrubro alagoano, Gerson Magrão soltou um chute cheio de veneno em direção ao gol, mas Júlio César, ligado, espalmou. A resposta do Náutico veio em seguida, após cobrança de falta de Marco Antônio, mas Júlio César, desta vez o do CRB, colocou para fora.

Como era esperado, os donos da casa voltaram pressionando o Timbu, criando mais chances para mexer no marcador. O Náutico acabou se perdendo um pouco pelo caminho, mas também assustou em alguns lances. Roni, que esteve sumido durante boa parte da partida, teve uma grande oportunidade aos 21 minutos, quando recebeu sozinho na área, mas o bandeirinha já havia assinalado impedimento.

Com o passar do tempo, o Náutico acabou perdendo espaço dentro de campo, cedendo mais chances para o CRB, que passou a dominar a partida e pressionar os alvirrubros. O castigo veio aos 35 minutos. Após falha do meia Marco Antônio, Matheus Galdezani aproveitou e mandou para a rede. Com a vantagem no placar, o time alagoano só teve o trabalho de administrar a partida e aproveitar-se dos erros de passe dos visitantes para comemorar a vitória no Rei Pelé.

Ficha do jogo

CRB 1

Júlio César; Marcos Martins, Boaventura, Gabriel e Pery; Glaydson (Welinton Júnior), Galdezani, Diego e Magrão; Luidy (Roger Gaúcho) e Zé Carlos. Técnico: Mazola Júnior.

Náutico 0

Júlio César; Joazi, Rafael Pereira, Igor Rabello e Mateus Muller; João Ananias, Negretti, Marco Antônio e Vinícius; Rony e Tiago Adan (Jefferson Nem). Técnico: Givanildo Oliveira.

Cartões amarelos: Glaydson Almeida (C), Negretti (N), João Ananias (N), Marcos Martins (C), Peri (C), Marco Antônio (N), Joazi (N) e Mateus Muller (N).

Gol: Matheus Galdezani (aos 35 do 1T)

Local: Estádio Rei Pelé (Maceió/AL).

Horário: 16h30 (do Recife).

Árbitro: Alinor Silva da Paixão (MT).

Assistentes: Jackson Timoteo Lopes e Marcelo Grando (Ambos do MT).

http://www.folhape.com.br/

Compartilhar

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta