Bom Jardim Notícias.com

Como evitar ser possessivo

Como evitar ser possessivo

Às vezes, os casais acabam se convertendo em relações asfixiantes, nais quais um não pode dar um passo sem a aprovação do outro. As discussões, os ciúmes e a desconfiança são consequências de uma relação possessiva e, por norma, terminam acabando mal. Por isso, se nos seus relacionamentos passados foi uma pessoa possessiva, é importante aprender a deixar de o ser para poder desfrutar do amor com uma relação saudável e respeitosa. Neste artigo de umComo vamos lhe dar algumas dicas para saber como evitar ser possessivo com simples práticas que poderá levar a cabo de forma progressiva.

As pessoas costumam desenvolver atitudes possessivos por um elemento essencial: falta-lhes confiança em si próprias. A pouca autoestima e o pouco amor próprio podem desenvolver pensamentos negativos e dúvidas na mente destas pessoas que, cada vez que não estão junto do seu parceiro, duvidam do seu amor, da sua fidelidade e das suas palavras.

Isto acontece porque estas pessoas não gostam de si mesmas, e desta forma como pode gostar o seu parceiro? Assim, o primeiro passo para conseguir deixar de ser possessivo éaprender a gostar de si mesmo, a respeitar-se e a entender que um casal é a união de duas pessoas independentes que decidem estar juntas para serem mais felizes. Neste artigo damos-lhe alguns conselhos para saber como aumentar a sua autoestima.

2

Outro ponto básico e fundamental para não cair no erro de ser possessivo é confiar no seu parceiro. Embora isto pareça uma tarefa difícil é essencial que confie nele para ter uma relação saudável, caso contrário serão apenas discussões, proibições e tudo menos felicidade. Há um aspeto essencial em qualquer relacionamento, seja ou não de casal, é o respeito pelo outro. É fundamental respeitar a personalidade do seu parceiro, as suas decisões, as suas amizades e os seus desejos.

Decidir com quem pode ou não se relacionar, para onde pode sair ou como pode ir vestido é um sintoma de desconfiança e possessão que deve terminar o quanto antes. O respeito pelo outro é fundamental para a sua relação continuar bem e perdurar no tempo.

3

Se para você é difícil estar tranquilo cada vez que sai pela porta de casa, analise qual é a origem desse mal-estar. Muitas vezes projetamos nas nossas relações novas sentimentos passados que nada têm a ver com a situação atual e isso é um grave erro, porque devemos aprender a esquecer, perdoar e superar as coisas que aconteceram no passado.

Se o seu parceiro atual lhe foi infiel e o perdoou, pode ser que agora esteja num momento em que quando não está com ele, esteja desconfiando. Deve tentar melhorar esta situação você mesmo e, se não estiver preparado para voltar a estar com essa pessoa, dê um tempo e reflita sobre isso. Uma relação de medos, dúvidas e suspeitas não leva a lugar nenhum bom e a única coisa que o espera no final do caminho é sofrimento. Em umComo damos-lhe alguns conselhos para recuperar a confiança no casa.

4

Para deixar de ser possessivo tem de pensar que o seu parceiro está consigo porque quer. Esta individualidade essencial de qualquer relação às vezes perde-se de vista e não se respeita, e é essencial ter claro que um relacionamento é uma união de duas pessoas que decidem estar juntas, duas pessoas que têm a sua vida, os seus amigos e os seus sonhos. E isso deve ser respeitado.

Todo o mundo precisa do seu momento só para ele, os seus momentos com os seus amigos, por isso não tente intrometer-se neste campo porque no final irá sentir-se controlado e sem um momento em que pode respirar livremente. É fundamental respeitar o seu espaço, a sua independência e a sua vida, e o deixe vivê-la como ele quer.

5

A comunicação é importante para melhorar o seu relacionamento e conseguir, assim, deixar de lado a sua parte mais possessiva. Comunicar significa falar, não discutir, por isso se se sente incomodado com alguma coisa, se se sentiu mal com algo que fez, sente-se e fale com seu parceiro de forma calma, respeitando a vez da palavra e, sobretudo não elevando o tom de voz. Durante estas conversas é difícil controlar os nervos mas é essencial tentar que a comunicação seja eficaz e acabem mais unidos, ao invés de aborrecidos.

Lembre-se que falando é que nos entendemos e qualquer coisa que o incomodou, pode explicar ao seu parceiro para que ele entenda e lhe dê o seu ponto de vista. Desta forma, poderão se conhecer melhor, se respeitarem mais e conseguirá ter uma relação saudável.

6

E se é possessivo porque não conseguiu perdoar o seu parceiro ou porque no passado o magoaram, em umComo recomendamos que ainda não é o momento de começar uma nova relação. Dê tempo a si mesmo, cure as suas feridas e quanto estiver preparado já poderá começar do zero. Voltar a ter um parceiro sem ter superado as feridas de outra relação ou da mesma pode ser um erro grave que a única coisa que lhe trará é mais sofrimento. Por isso, cuide de si e quando estiver preparado compartilhe a sua vida com outra pessoa, mas primeiro aprenda a estar bem sozinho.

http://relacoes.umcomo.com.br/

Compartilhar

Artigos Relacionados

1 Comentário

  1. Atacado SexShop
    20 de novembro de 2016 às 21:44 Responder & darr;

    Amei as dicas

Deixe uma resposta