Bom Jardim Notícias.com

Cuidado: entenda os riscos dos termogênicos para a saúde

Cuidado: entenda os riscos dos termogênicos para a saúde

Por Karina Dias
Sabemos que é extremamente comum quando você frequenta uma academia os alunos acabarem caindo no assunto sobre termogênicos. Mas como profissional de Educação Física, você sabe indicar corretamente o que o seu aluno deve ou não ingerir para melhorar o treinamento?

Pensando nisso, nós do Portal da Educação Física junto com a nutricionista clínica esportiva Regina Oliveira, falamos um pouco sobre esse assunto que atualmente tem se tornado altamente popular.

termog-370x260

Mas o que são termogênicos?
A princípio os alunos que são mais preguiçosos querem saber o que são essas pílulas com a intenção de perder algumas gordurinhas com uma ajuda a mais, mas não é bem assim que funciona. Eles precisam saber o que estão colocando em suas veias e a nutricionista explica. “Os termogênicos são substâncias que servem para agir aumentando a temperatura corporal através da estimulação dos sistemas cardiovasculares, respiratório e nervoso central, que resultam em um aumento de metabolismo – proporcionando maior queima de gordura” conta Regina.

Composição
Cada termogênico tem uma composição diferente, elas variam de acordo com o produto. Portanto, se tiver alergia ou não gostar de alguma substância, dê uma boa pesquisada antes de comprar. “A composição mais comum dos termogênicos encontramos cafeína e taurina, e também alguns com vitaminas do complexo B. Se você não toma cafeína ou qualquer outro componente, busque outras alternativas”, diz.

Os naturais
Apesar dos termogênicos sintéticos serem os mais conhecidos e comercializados em maior peso, ainda existem os naturais que são mais baratos e também muito eficazes. “Fazer um termo natural é extremamente fácil, é só colocar água gelada e junta com algum desses alimentos: canela, chá de hibisco, chá verde, gengibre, cafeína, pimenta vermelha, óleo de coco, vinagre de maçã, alimentos que contém ômega 3”, explica.

Vantagens
Não é só de emagrecimento que você tem que ensinar os seus alunos, saiba também as reais vantagens da absorção desta substância. “Além de proporcionar a perda de gordura, os termogênicos também contribuem para o ganho muscular – estudos mostram ganhos de massa tanto em homens sedentários com um programa de exercício frequente por 10 semanas, quanto um aumento na massa muscular em mulher com excesso de peso submetidas também a atividades físicas no mesmo período. Além disso o desempenho do exercício também é alterado – para o exercício de alta intensidade, os termos pode melhorar a resistência muscular e não a potência, que fique claro”, afirma a nutricionista.

Para quem é indicado?
Antes de sair consultando termogênico para os seus alunos, faça com que eles apareçam em uma nutricionista antes de começar a ingerir a substância. Um acompanhamento de perto de quem entende é muito indicado para todos os sexos e idades. “Os termos são indicados para as pessoas que possuem uma boa disciplina, uma boa dieta e um bom treino”, fala.

Riscos
Como já falamos anteriormente antes de começar a ingerir os termogênicos é melhor você passar em um nutricionista para tudo dar certo. Como qualquer substância que você pode ingerir, os termos também contam com alguns riscos, Regina explica um pouquinho de cada um deles. “Pessoas com hipertireoidismo não devem ingerir alimentos termogênicos naturais, pois seu metabolismo já está muito elevado o que pode proporcionar maior risco de perda de massa muscular. Crianças e gestantes, pessoas com cardiopatias, hipertensão, enxaqueca, úlcera e alergias também estão riscadas da lista e não devem abusar desses alimentos”, finaliza a nutricionista.

http://www.educacaofisica.com.br/

Compartilhar

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta