Bom Jardim Notícias.com

Sport perde para Atlético/PR e se complica

Sport perde para Atlético/PR e se complica

Vai ser com emoção. Na briga contra o rebaixamento, o Sport perdeu para o Atlético/PR por 2×0, neste domingo (20), na Arena da Baixada e viu um dos seus dois concorrentes diretos vencerem e diminuirem a distância para um ponto. Neste caso, foi o Vitória, que bateu o Figueirense e somou 42 pontos, com o Leão computando 43. Porém, o primeiro na zona da degola ainda é o Internacional, com 39 pontos, que joga nesta segunda-feira (21) contra o Corinthians, em São Paulo. O Leão precisa secar o Colorado para não ficar a apenas um ponto do precipício. O Rubro-negro volta a campo no próximo sábado (26), contra o rebaixado América/MG, no Independência.

17696147580004753650000

Dentro de campo, um Sport apático e improdutivo, sendo ineficiente nos três setores de campo. Na defesa, muitos espaços deixados nas duas laterais e bolas cruzados a todo o momento, com o miolo de zaga também sem passar muita confiança. No meio de campo, um pouco mais de equilíbrio na marcação, mas um sistema de criação praticamente inexiste, com Diego Souza pouco pegando na bola. Por último, o ataque sofria com a escassez de assistência, sem ser municiado por conta do festival de passes errados dos leoninos. Como já era previsto, as bolas cruzadas eram o terror dos pernambucanos.

A primeira chance do Furacão veio justamente desta forma, com André Lima sendo atrapalhado por Matheus Ferraz justamente na hora de colocar a bola na rede, aos 19 minutos. Porém, aos 21, não teve jeito. Após cruzamento perfeito de Nicolas, o mesmo André Lima cabeceou à queima-roupa. Magrão operou um milagre, mas a bola voltou no atacante e morreu no fundo do gol: 1×0. Sem forças, o Sport não sofria grandes sustos, mas também não conseguia reagir. Porém, aos 34, em cobrança de pênalti, Thiago Heleno bateu com força e ampliou o placar. Nos 45 minutos iniciais, nenhuma finalização a gol dos pernambucanos.

Na segunda etapa, um Leão um pouco melhor. Com Diego Souza mais envolvido na partida, os passes errados diminuíram e algumas chances foram criadas. Logo aos sete, Rogério recebeu de DS87, mas bateu mal. Aos 13, foi a vez de Rithely pegar sobra dentro da grande área e bater de esquerda para a grande defesa de Weverton. Na tentativa de mudar o placar, Daniel Paulista sacou Everton Felipe e Ronaldo para acionar Apodi e Gabriel Xavier. As alterações fizeram pouco efeito, com o Sport não conseguindo manter o bom ritmo de criação. Sem forças, o Sport sucumbiu ao melhor mandante do Brasileirão. Final de partida e clima tenso na Praça da Bandeira.

FICHA DO JOGO

ATLÉTICO/PR 2
Weverton; Léo, Paulo André, Thiago Heleno e Nicolas (Sidcley); Otávio e Hernani; Lucas Fernandes (Nikão), Lucho González (Marcos Guilherme) e Pablo; André Lima. Técnico: Paulo Autuori

SPORT 0
Magrão; Samuel Xavier (Apodi), Mateus Ferraz, Ronaldo Alves e Renê; Rithely, Ronaldo (Gabriel Xavier), Diego Souza, Rodney Wallace (Túlio de Melo) e Everton Felipe (Apodi); Rogério. Técnico: Daniel Paulista

Local: Arena da Baixada (Curitiba).
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA). Assistentes: Marcio Gleidson Correia Dias (PA) e Helton Nunes (SC).
Gols: André Lima (aos 21 do 1ºT) e Thiago Heleno (aos 34 do 1ºT).
Cartões amarelos: Ronaldo e Rithely (Sport).
Público: 23.802. Renda: 472.560,00.

http://www.folhape.com.br/

Compartilhar

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta