Bom Jardim Notícias.com

Náutico vence Sport no Clássico dos Clássicos

Náutico vence Sport no Clássico dos Clássicos

“Ele precisa jogar coletivamente”. Esse foi o recado de Marco Antônio para Erick, no intervalo do Clássico dos Clássicos, na Arena de Pernambuco. E o “puxão de orelha” veio na hora certa. Depois de um primeiro tempo morno, dominado pelos visitantes, o Timbu se recuperou graças a dupla. O atacante foi o garçom no gol do camisa 10 e ainda fez o segundo, ajudando o Náutico a derrotar o Sport por 2×1, ontem, pelo Campeonato Pernambucano – Ronaldo Alves descontou para o Rubro-Negro. O Timbu acabou com o jejum de três anos (sete jogos) sem vitórias perante o rival, pulando para a segunda colocação, com 11 pontos. O Leão é o terceiro, com nove.

O Náutico jogou em casa, mas os rubro-negros estavam em maioria em São Lourenço da Mata. Em campo, o time visitante assustou logo aos oito. Leandro Pereira subiu livre e cabeceou na trave. De início, Erick e Rogério foram os reflexos de seus respectivos times. O atacante do Náutico estava apagado. Já velocista rubro-negro era o melhor em campo.

Veio o intervalo e tudo mudou. Menos ansioso, o Náutico foi se soltando. Alison, aos cinco, chutou forte para a defesa de Magrão. No lance seguinte, porém, o goleiro nada pode fazer. Erick recebeu pela esquerda e rolou para Marco Antônio acertar o cantinho, abrindo o placar na Arena.

O gol trouxe um bem precioso ao Timbu: confiança. Aos 18, Erick completou cruzamento e fez seu terceiro gol como profissional. A resposta leonina foi rápida. Seis minutos depois, Everton Felipe cruzou e Ronaldo Alves diminui a vantagem. Nos minutos restantes, lances para os dois lados. Tanto o Sport teve chance de empatar como o Náutico de ampliar. No final, o 2×1, para a alegria dos alvirrubros, foi mantido.

FICHA DO JOGO

NÁUTICO 2
Tiago Cardoso; David, Ewerton Páscoa, Tiago Alves e Manoel; Rodrigo Souza, João Ananias, Marco Antônio (Giovanni) e Dudu;
Erick (Jeferson Renan) e Alison (Maylson). Técnico: Milton Cruz

SPORT 1
Magrão; Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Durval e Mansur (Caio); Ronaldo, Rithely (Rithely), Everton Felipe (Juninho) e Diego
Souza; Rogério e Leandro Pereira. Técnico: Daniel Paulista
Local: Arena de Pernambuco (São Lourenço da Mata/PE)
Árbitro: Luiz Cláudio Sobral
Assistentes: Clovis Amaral da Silva e Marcelino Castro de Nazare
Gols: Marco Antônio (aos 9 do 2ºT), Erick (aos 18 do 2ºT) e Ronaldo Alves (aos 24 do 2ºT)
Cartões amarelos: João Ananias, Rodrigo Souza, Marco Antônio, Jefferson Renan (N); Mansur, Leandro Pereira, Ronaldo (S)
Público: 6.419
Renda: R$ 128.915,00

http://www.folhape.com.br

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta