Bom Jardim Notícias.com

Temer deve fazer quinta visita ao Nordeste em maio

Temer deve fazer quinta visita ao Nordeste em maio

O presidente Michel Temer (PMDB) deve fazer a sua quinta visita ao Nordeste até o fim de maio. O ministro das Cidades, Bruno Araújo, anunciou nesta terça-feira (4), durante encontro com prefeitos na Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), que o peemedebista vai a Caruaru, no Agreste no Estado, fazer a primeira entrega do País do Cartão Reforma, programa que vai beneficiar famílias que buscam recursos para melhorar e ampliar suas moradias. A prefeita da cidade é Raquel Lyra (PSDB), aliada de Bruno Araújo.

O presidente foi convidado duas vezes para ir à Paixão de Cristo de Nova Jerusalém, em Brejo da Madre de Deus, também no Agreste pernambucano, na próxima sexta-feira (7). Mas ainda não há previsão de que ele assista ao espetáculo.

Foto: Rafael Luz/Divulgação
Bruno Araújo no evento da Amupe onde ele fez o anúncio da visita de Michel Temer (Foto: Rafael Luz/Divulgação)

A última vez que Temer veio ao Nordeste foi no último dia 10, quando visitou as cidades de Sertânia, no Sertão pernambucano, e Monteiro e Campina Grande, na Paraíba, para entregar o eixo leste da Transposição do Rio São Francisco. Antes, ele esteve em Floresta (PE) em janeiro, também para visitar as obras do projeto.

Com baixa popularidade no Nordeste, o peemedebista tem usado a obra para se aproximar da região. A pesquisa do Instituto Uninassau divulgada pelo Blog de Jamildo nessa segunda-feira (3) apontou que Temer tem reprovação de 91% dos pernambucanos. A última pesquisa Ibope encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostrou que o governo dele permanece com o maior porcentual de rejeição no Nordeste, onde tem 67% de avaliações ruins ou péssimas. No levantamento anterior, em dezembro do ano passado, este número era de 57%.

 Antes de vir em janeiro a Pernambuco, quando o ministro Hélder Barbalho (Integração Nacional) sugeriu que Temer seria lembrado por garantir investimentos hídricos à região, o presidente já havia provocado polêmica ao afirmar, em Alagoas, que gostaria de ser lembrado como “o maior presidente nordestino” do Brasil.

Isso aconteceu no fim de dezembro, menos de um mês depois de estrear as agendas no Nordeste. Temer assumiu em maio ainda interinamente e depois, em setembro, ficou oficialmente no lugar de Dilma Rousseff (PT), mas evitou viajar à reunião no início do mandato. O objetivo era de evitar protestos. O primeiro estado visitado pelo peemedebista foi Pernambuco – nas cidades de Surubim, Salgueiro e Floresta. Em “passagem-relâmpago” por Caruaru, um aparato de segurança conteve manifestações contra o presidente.

Cartão Reforma

Desta vez, Temer vai participar de evento do do Cartão Reforma. Através do programa, será oferecido um benefício no valor médio de R$ 5 mil às famílias que possuem renda bruta de R$ 1,8 mil, para compra de materiais de construção destinados à reforma, ampliação ou conclusão de moradias. O orçamento inicial é de R$ 500 milhões. O repasse de recursos será feito por meio do Ministério das Cidades, via Caixa Econômica Federal, que disponibilizará o cartão para as famílias selecionadas. Segundo a pasta, no Brasil, 7,8 milhões de moradias precisam ser reformadas. Destas, 3,6 milhões de residências pertencem a famílias que entram no projeto. A Medida Provisória que cria o programa deve ser votada pelo Senado nesta terça-feira (4).

http://blogs.ne10.uol.com.br

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta