Bom Jardim Notícias.com

Quer pernas lisinhas? O chá de podagrária trata varizes. Aprenda a preparar

Quer pernas lisinhas? O chá de podagrária trata varizes. Aprenda a preparar

A podagrária é uma planta que pertence à família das Apiaceae. Dependendo dos locais onde é encontrada pode ser conhecida por vários outros nomes, a exemplo de: pequena-angélica, angélica menor e egopódio. Na medicina natural, ela também passou a ser conhecida pela quantidade de benefícios que pode proporcionar.

Um dos seus constituintes químicos é a vitamina C, que pode ser encontrada com facilidade nas suas folhas, flores e frutos. Justamente esses elementos são os usados no preparo de chás e em demais tratamentos de saúde aos quais a planta pode ser indicada.

Uma dica muito importante em relação à utilização medicinal da planta é recorrer a um médico antes de incluí-la em qualquer que seja o tratamento. Isso vai garantir que o paciente não sofra com nenhuma possível complicação que venha a aparecer no decorrer do uso.
Chá de podagrária: propriedades e benefícios

Foto: depositphotos

Além do mais, o médico também é o profissional mais indicado para estudar a dosagem e as consequências que ela pode ter no organismo do paciente, assim como a melhor forma de tratar o tipo de doença.

Propriedades medicinais da podagrária

No que diz respeito à saúde, a planta oferece propriedades sedante, diurética, estimulante, aromática, resolutiva e vulnerária. Dessa forma ela pode ser indicada para o processo de tratamento e cura de algumas doenças que podem atingir o ser humano.

As principais delas são as enfermidades relacionadas a pele, a exemplo de varizes e infecções. Ela também pode ser usada para combater o reumatismo e a gota. Outros tratamentos também estão associados ao seu uso, como a resolução de problemas intestinais, renais e de vesícula.

O chá de podagrária também pode ser usado como poderoso diurético, eliminando as substâncias nocivas para o corpo.

Chá de podagrária

Para tratar a maioria das doenças apresentadas anteriormente, a forma mais usual é através do preparo do chá. No entanto, cada uma delas necessita que seja utilizada uma parte específica da planta:

Os frutos são usados para combater os problemas de intestino, rins, sedante e conseguir o efeito diurético; já as folhas frescas atuam como estimulante, resolutivo e vulnerário. Por último, as folhas secas combatem problemas de reumatismo e gota.

No preparo do chá você vai utilizar 200 ml de água filtrada e uma colher (de sopa) da parte da planta que vai combater a doença em questão. O primeiro passo é colocar a água para ferver. Assim que começar a borbulhar, desligue o fogo e acrescente a erva, seja ela fresca ou seca. Deixe descansar por 10 minutos, coe e já pode ingerir.

A recomendação é que a ingestão não ultrapasse as três doses diárias ou siga a prescrição médica.

https://www.chabeneficios.com.br

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta