Bom Jardim Notícias.com

O que aconteceria se todas as baratas do mundo desaparecessem?

O que aconteceria se todas as baratas do mundo desaparecessem?

Difícil uma pessoa que nunca tenha desejado a extinção total das baratas de todas as espécies. Talvez, muitas dessas pessoas não tenham pensado que as baratas participam de um esquema elaboradíssimo da cadeia alimentar. Não só as baratas, como também todos os outros insetos e os seres vivos em geral estão conectados em uma “teia” alimentar dentro de todo o planeta.

Um exemplo bastante simples da extinção das baratas seria a redução das populações de ratos e camundongos, que possuem boa parte de sua dieta composta pelas baratas. Se esses pequenos roedores perderem essa fonte de alimento e se sua população silvestre reduzisse, isso implicaria em danos enormes nas populações de animais maiores, predadores naturais dos roedores, como as águias e outras aves de rapina; os felinos, os coiotes, os lobos e muitos répteis.

se-todas-as-baratas-do-mundo-desaparecessem

Existe também a contribuição das baratas para o ciclo de nitrogênio, algo vital para o funcionamento do planeta.

A cadeia alimentar não é o único problema. Elas também têm sua parcela de contribuição para o ciclo do nitrogênio. Grande parte das baratas se alimenta de matéria orgânica em decomposição. Esse material detém em sua estrutura amplas quantidades de nitrogênio, e, ao ser consumido fixamente por milhões e milhões de baratas, essa matéria passa pelo trato digestivo do inseto convertendo-se em fezes. Uma vez eliminadas, essas fezes desprendem com facilidade os produtos nitrogenados que logo serão aproveitados pelas plantas. Por fim, todo esse processo realizado por “zilhões” de baratas contribui para a saúde dos bosques, campos e demais ecossistemas.

A longo prazo, a falta das baratas no planeta causaria um considerável colapso no ecossistema.

Fonte: vix
Imagens: Reprodução/ conse / vix

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta