Bom Jardim Notícias.com

Pesquisadores fazem simulação e concluem que a abertura do Mar Vermelho realmente aconteceu

Pesquisadores fazem simulação e concluem que a abertura do Mar Vermelho realmente aconteceu

Diversos cientistas de todo o mundo já estudaram sobre as possíveis causas dos eventos bíblicos, e conforme já mostramos, até as 10 pragas do Egito já foram explicadas cientificamente, já mostramos também a explicação para outros cinco eventos relatados na bíblia. Uma das mais famosas passagens da bíblia é aquela em que o Moisés ergue seu cajado e divide o Mar Vermelho, para que os judeus pudessem passar pelo meio das águas, enquanto fugiam do exército do faraó. Quando o exército tenta prossegui-los, a água do mar se fecha sobre os soldados, fazendo com que os judeus ficassem a salvo.

Agora, pesquisadores do National Center for Atmospheric Research (NCAR) dos EUA., fizeram uma simulação computadorizada que bate com a situação apresentada pelo Livro do Êxodo.  – desde que um vento leste forte tenha soprado durante algum tempo. “A separação das águas pode ser compreendida através da dinâmica dos fluidos, o vento move a água de uma forma que está de acordo com as leis físicas, criando uma passagem segura com água em dois lados e, em seguida, subitamente permitindo que a água volte a entrar“, explicou Carl Drews, o responsável pelo estudo.

O estudo, se baseia numa reconstrução das prováveis ​​localizações e profundidades das vias navegáveis ​​do delta do Nilo, que se deslocaram consideravelmente ao longo do tempo. Os resultados mostram que um vento leste forte poderia ter empurrado a água para um local onde um rio desaguava em uma lagoa. Assim, conforme esta simulação, a passagem bíblica é real, pelo menos no que diz respeito à abertura das águas,  e pode ser explicada cientificamente.

OUTRAS OPINIÕES

Outros cientistas também procuraram explicar o relato através de processos naturais. Alguns especularam que um tsunami poderia ser a causa de as águas recuarem e avançarem rapidamente.  Outros pesquisadores se concentraram em um fenômeno conhecido como “vento setdown“, em que um vento particularmente forte e persistente pode baixar os níveis de água em uma área, enquanto empilhando a água a favor do vento.

FONTES: HYPESCIENCE / BBC
IMAGEM: ANNEHAILESBLOG

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta