Bom Jardim Notícias.com

Hábitos que prejudicam nossos rins

Hábitos que prejudicam nossos rins

Esses órgãos às vezes esquecidos e mal cuidados são vitais para nosso corpo. Os rins se encarregam de limpar o sangue de toxinas e de regular o equilíbrio de sal e água no organismo.

Além disso, produzem glóbulos vermelhos, equilibram a pressão arterial e evitam infecções.

Neste artigo, contaremos quais são os hábitos que pioram a saúde de nossos rins e os impedem de realizar suas tarefas adequadamente.

Os rins cumprem muitas funções importantes e, se adoecem, isso repercute em nossa saúde geral.

Muitas vezes não nos damos conta de que certos hábitos podem prejudicá-los.Por isso, indicaremos quais ações diárias são negativas para estes órgãos:

Ver também: 8 dicas para manter uma boa saúde renal

1. Fumar

Fumar prejudica a saúde dos rins

O cigarro contém uma grande quantidade de substâncias nocivas para o organismo. Ainda que possamos pensar que “apenas” vão para os pulmões, estamos equivocados.

As toxinas viajam por todo o corpo através do sangue. Quando chegam aos rins, eles precisam trabalhar horas extras para eliminar o que nos faz mal.

É claro que não o conseguem por completo: restam partículas depositadas neles, que vão enfraquecendo-os.

2. Beber álcool

Acontece algo parecido como com o cigarro, mas nesse caso, o álcool afeta o fígado e os rins quase que na mesma proporção.

A função renal piora quando o corpo recebe muita quantidade de substâncias tóxicas ou nocivas continuamente.

3. Dormir pouco

Dormir pouco

Durante a noite, os músculos, as células e os órgãos se revitalizam e se recuperam de todo o trabalho realizado durante o dia.

  • Se você não dorme o suficiente (entre 7 e 8 horas contínuas), o processo de recuperação não se completa.
  • Pense em como você se sente após não dormir bem, ao chegar no trabalho… o mesmo acontece com seus rins.

4. Retardar o esvaziamento da bexiga (prender o xixi)

Aguentar por tempo demais a vontade de ir ao banheiro faz muito mal para a saúde, tanto a nível renal quanto para a bexiga e as vias urinárias.

Pode causar incontinência ou insuficiência renal. Não espere até não aguentar mais e urine todas as vezes que sentir vontade.

5. Beber muito café

É a bebida mais consumida atualmente, e, ainda que possa ser benéfica quando o consumo é moderado, o problema está no excesso de cafeína no organismo.

Lembre-se de que o café desidrata e faz os rins trabalharem em excesso. Essa carga adicional pode ser muito danosa.

Leve em conta também que os refrigerantes (sobretudo os de cola) contêm uma grande quantidade de cafeína e causam efeitos ainda piores que os do café.

6. Ser sedentário

Levar uma vida sedentária altera o funcionamento de todos os órgãos.

Passar horas sentado na frente do computador no escritório ou da televisão impede que o sangue circule como deve, e causa retenção de líquidos nas pernas e pés.

Essas duas áreas ficam quase inacessíveis ao trabalho dos rins, que sofrem por conta do nosso sedentarismo.

7. Comer muito sal

Consumir sal em excesso

O sódio em excesso não faz bem para os rins. Esses órgãos regulam o metabolismo do sal na água e, se houver excesso do primeiro “ingrediente”, não podem realizar suas funções adequadamente.

  • Para um adulto, o consumo diário de sal não deve exceder 5 gramas (meia colher de chá).

É fundamental prestar atenção a isso, já que a maioria dos alimentos processados atuais contém muito sódio.

8. Carência de vitamina B6

Esse nutriente é fundamental para o bom funcionamento dos rins. Todos os dias deveríamos comer alimentos que contêm vitamina B6. Ela está presente em:

  • Batatas
  • Peixes
  • Frango
  • Frutas (com exceção dos cítricos)

9. Excesso de proteína

Diferentemente das gorduras, as proteínas não podem se acumular no corpo. Portanto, seu excesso deve ser eliminado através da urina ou das fezes.

Os rins são responsáveis pela sua eliminação pela urina, durante seu trabalho de limpeza. Quando há muita proteína no organismo, ficamos mais propensos à formação de cálculos renais.

10. Não beber água suficiente

Beber bastante água

Os dois litros de água por dia não são um capricho, uma invenção ou uma campanha publicitária.

É a quantidade adequada de líquidos que o corpo necessita repor diariamente, por causa do que perde através do suor, da urina ou dos diferentes processos metabólicos.

Além disso, quando bebemos água, ajudamos os rins em sua tarefa de limpeza, enquanto eliminamos toxinas e impurezas.

11. Uma dieta desequilibrada

Atualmente podemos encontrar todo tipo de dieta para perder peso, ou dietas milagrosas que prometem resultados em poucos dias.

No entanto, elas podem ser prejudiciais para a saúde em geral e para os rins em particular.

Quando esses órgãos não recebem gordura suficiente (que são necessárias, ainda que se acredite no contrário), o sangue é filtrado com um equilíbrio alterado e o corpo não recebe os nutrientes necessários. 

https://melhorcomsaude.com

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta