Bom Jardim Notícias.com

Aumento de desconto previdenciário gera polêmica em Bom Jardim

Aumento de desconto previdenciário gera polêmica em Bom Jardim
Um Projeto de Lei Enviado pela Prefeitura de Bom Jardim para Avaliação e Votação na Câmara Municipal de Vereadores está gerando polêmica e dividindo opiniões. O gestor municipal, João Lira (PSD), pretende aumentar de 11% para 13% o valor da alíquota para recolhimento previdenciário do servidor municipal, que é gerida por um Fundo Municipal de Previdência. Nessa terça (12), durante a sessão ordinária, vários funcionários do município ocuparam o plenário para impedir a aprovação. O documento diz a medida visa garantir a sustentabilidade do fundo previdenciário no futuro. Depois de debate em situação e oposição, uma votação foi adiada para uma próxima semana. Uma mesa diretora informou que o gestor municipal foi convidado para prestar mais esclarecimentos na próxima reunião.
O vereador oposicionista Rufino Filho disse que a prefeitura deve adotar outras medidas e não comprometer ainda mais o salário do trabalhador. O parlamentar lembrou a necessidade de se promover concurso público. A vereadora Ana Nery também integra uma bancada de oposição e disse não votará favorável. Ela não vê o aumento como boa solução. Nenhum vereador da situação falou sobre o assunto. Atualmente, o Poder Legislativo conta com 13 vereadores: são 6 da base de oposição e 7 da situação, sendo um presidente da mesa, vereadora Valéria Lira, esposa do prefeito. O repórter Luís Correa acompanha uma reunião e um relatório detalhado na Rádio Jornal Limoeiro. Ouça na íntegra:
(Imagem | Reprodução Blog Dimas Santos)

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta