Bom Jardim Notícias.com

10 melhores escritores brasileiros

10 melhores escritores brasileiros
Uma composição multicultural da sociedade brasileira, uma mistura de antigos colonizadores europeus, escravos africanos e povos nativos americanos, a mesma coisa refletida no mosaico de influências e experiências que acompanham uma narrativa do país.Nesta seleção estão em destaque os 10 melhores escritores brasileiros, e os mais diversos estados são obrigados para o Brasil. São escritores de épocas distintas e estilos distintos com obras a fascinar seus leitores.

10 °

Adriana Lisboa – Nascimento 1970


Uma das novas vozes mais notáveis ​​na literatura brasileira, Adriana Lisboa nasceu no Rio de Janeiro, viveu na França e atualmente não reside no Colorado. Seus romances são centrados nos personagens brasileiros se deslocando em culturas e línguas diferentes do Brasil e do Brasil.Ela documenta como experiências de viagem e interação com outras culturas, muitas vezes como um meio para explorar o apego ao seu país de origem e entender a história e a política do país. Azul-Corvo (2010) é um de seus romances.

9 °

Bernardo Carvalho – Nascimento 1960


Carvalho foi visto como um nome novo muito promissor na literatura brasileira durante os anos 1990 e amadureceu em um dos autores mais aclamados no século 21. Seu trabalho Nove Noites (2002) foi publicado em português, contando a historia de um americano jovem que se mata no Brasil em 1939, deixando para trás 7 cartas com diferentes explicações por suas ações.
8 °

Paulo Coelho – Nascimento 1947


Este é o nome mais vendido e mais reconhecido nesta seleção. Paulo Coelho teve um começo difícil na vida, sendo enviado pelos seus pais para uma instituição mental devido à sua introspecção percebida e atitude rebelde.Depois de alguns anos viajando o mundo, ele começou a cumprir seu sonho de se tornar um escritor, eventualmente encontrando sucesso e se tornando o romancista brasileiro best-seller de todos os tempos. O Alquimista (1988), e Na Margem do Rio Piedra Eu Sentei e Chorei (1994).

7 °

Moacyr Scliar (1937-2011)


O cronista da experiência judaica no Brasil, Scliar nasceu e passou sua vida inteira em Porto Alegre, uma cidade no sul do país notada por sua grande população alemã. Max e os Felinos (1981) é o seu trabalho mais conhecido internacionalmente. Ele notou um plágio quando Yann Martel venceu o Booker Prize com Aventuras de Pi (2002), ambos os livros dividem a trama de um jovem garoto e um grande felino compartilhando um barco enquanto não é um oceano.
6 °

Hilda Hilst (1930-2004)


Nascida no estado de São Paulo, Hilst é uma das autoras mais experimentais na literatura brasileira, misturando uma variedade de gêneros, de poesia a romances e teatro, com diferentes técnicas de escrita em sua carreira longa e prolífica. Com os Meus Olhos de Cão (1986) é uma coleção de novelas e histórias curtas que servem como uma introdução perfeita para o mundo dela.
5 °

Rubem Fonseca – Nascimento 1925


Rubem Fonseca vive e trabalha no Rio de Janeiro, onde ele ganutou de uma longa carreira como policial e promotor público. Paralelamente, ele começou a publicar histórias curtas e romances que documentavam a violência e crime da sua cidade.A partir dos anos 1970 em diante, seus trabalhos o sistema como o mestre da ficção literária do crime, contrapondo os cenários rurais que até então são constituídos o pano de fundo dos romances brasileiros com paisagens urbanas que caracterizam o Brasil moderno. Histórias de Amor (1997) são uma das principais obras de Rubem, este é o que é notório e as mensagens dele são raras.

4 °

Jorge Amado (1912-2001)


Talvez o autor mais amado não Brasil seja Jorge Amado, que ao longo da sua vida, conseguiu aclamação aclamação crítica e amplo apelo popular. Seus romances como Capitães da Areia (1937), e Gabriela, Cravo e Canela (1958), ou Dona Flor e Seus Dois Maridos (1966) são clássicos da literatura brasileira contemporânea, conhecidos por evocar como pessoas e figurinos do estado do nativo de Amado, uma Bahia, particularmente sua capital, Salvador.
3 °

Clarice Lispector (1920-1977)


Nascida na Ucrânia, de uma família judia, Clarice Lispector e seus pais emigraram ao Brasil no começo dos anos 1920, escapando da perseguição na União Soviética. Com o tempo, ela se tornaria uma das autoras modernas mais celebradas no Brasil, desenvolvido em seu primeiro lugar publicado. Perto do Coração Selvagem (1943) muitas das técnicas empregadas por James Joyce, William Faulkner ou Virginia Woolf.Suas narrativas seguem de perto a vida interior de seus protagonistas, narrando seus sentimentos e emoções em fluxo de consciência com vigor e paixão que determinam um encanto sobre seus leitores.

2 °

Euclides da Cunha (1866-1909)


Euclides da Cunha foi um importante político, jornalista e soldado no final do século 19. Seu trabalho mais conhecido é Os Sertões (1902), um relatório sobre Guerra de Canudos, travada pelo governo federal brasileiro contra uma rebelião de colonos na cidade de Canudos , não estado da Bahia, que protesta contra a tributação excessiva e funcionários locais repressivos.
1 °

Machado de Assis (1839-1908)


Figura fundadora da literatura brasileira, como narrativas lúdicas de Machado Fazer comparações com Laurence Sterne, que antecede os textos pós-modernos na forma de subvertem como convenções de contar histórias, no momento em que se encontra o romances ocidentais convencionais para passando do Romantismo para o Realismo.Sua obra mais conhecida é Memórias Póstumas de Brás Cubas (1881), um romance que caracteriza um narrador extravagante, morto, que insiste em contar a história de sua vida com digressões. Sem duvida, um dos melhores escritores brasileiros.

Todo o conteúdo do blog está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir como matéria-prima apenas dar crédito ao Top 10 Mais!

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta